Inter de Milão bate Fiorentina e decide a Copa da Itália

Apenas três dias após empatar com a Fiorentina pelo Campeonato Italiano, tropeço que custou a liderança da competição, a Internazionale de Milão voltou a Florença nesta terça-feira para disputar o jogo de volta pelas semifinais da Copa da Itália. Com um gol do camaronês Eto''o, o time milanês ganhou por 1 a 0 e avançou à decisão. Na partida de ida, em casa, já havia vencido pelo mesmo placar.

AE, Agência Estado

13 de abril de 2010 | 18h16

Na final, a Inter pode ter pela frente o seu principal adversário na briga pelo título do Italiano. Atual líder da competição por pontos corridos, a Roma joga nesta quarta contra a Udinese, fora de casa. Pelo jogo de ida, o time romano venceu por 2 a 0 e pode até perder para se classificar.

Se dividindo entre as disputas do Italiano, das semifinais da Liga dos Campeões e da Copa da Itália, a Inter se deu ao luxo de poupar alguns titulares nesta terça. Jogadores como Samuel, Milito, Cambiasso e Sneijder começaram na reserva. Já os brasileiros Júlio César, Maicon, Lúcio e Thiago Motta foram titulares. Na Fiorentina, o ex-palmeirense Keirrison veio do banco e entrou no segundo tempo.

Com uma equipe alternativa, o time do técnico José Mourinho sofreu no primeiro tempo em Florença. Melhores em campo, os anfitriões criaram boas chances e Lúcio chegou a salvar um gol quase em cima da linha. Na segunda etapa, porém, Eto''o marcou o gol que deu tranquilidade para a Inter. Aos 12 minutos, ele recebeu lançamento de Motta na área, dominou e chutou para balançar as redes.

Na Copa da Itália, o time de Milão busca o seu sexto título. Tendo vencido a competição pela última vez em 2006, a Inter ainda fez duas finais em 2007 e 2008, mas em ambas perdeu justamente para a Roma. Agora, deve ter a chance de se vingar e ainda desestabilizar a equipe romana na disputa pelo Italiano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.