Inter de Milão bate Juventus e volta à ponta do Italiano

Com 70 pontos, a equipe de Milão abre dois pontos de vantagem para a vice-líder Roma

AE, Agência Estado

16 de abril de 2010 | 18h23

Matteo Bazzi/EFE

Maicon dá um chapéu em Amauri antes de chutar de primeira e marcar um golaço para a Inter

MILÃO - A Internazionale de Milão contou com um belo gol do brasileiro Maicon nesta sexta-feira para reassumir a ponta do Campeonato Italiano e colocar pressão sobre a Roma, então líder da competição. No clássico diante da Juventus, o time milanês conseguiu a vitória por 2 a 0 em casa. O jogo abriu a 34.ª rodada, que terá sequência no final de semana.

Veja também:

linkCampeonato Italiano - mais notícias

linkCampeonato Italiano - Classificação e tabela

Com 70 pontos, a Inter abriu dois de vantagem na liderança. A Roma, porém, ainda faz o clássico romano contra a Lazio, no domingo, e se vencer volta ao primeiro lugar, restando quatro rodadas para o fim do Italiano. Já a Juventus segue na sexta posição, com 51 pontos, em situação cada vez mais complicada para ainda buscar uma vaga na próxima Liga dos Campeões.

Enquanto isso, Inter e Roma se dividem entre as disputas de outras competições importantes. Além do Italiano, o time de Milão ainda está classificado para a final da Copa da Itália e recebe na próxima terça-feira o Barcelona pelo jogo de ida das semifinais da Liga dos Campeões. Já a equipe romana ainda busca a vaga na decisão da Copa da Itália. Na quarta, encara a Udinese fora de casa.

Sabendo da importância da vitória, a Inter foi melhor no clássico. Diante de uma Juventus já eliminada de todos os outros torneios que disputou na temporada e, consequentemente, sob forte pressão, o time milanês aproveitou para dominar o jogo e teve tranquilidade para buscar o gol. Mesmo com a equipe de Turim com um jogador a menos desde o primeiro tempo, o placar só foi aberto aos 30 minutos do segundo tempo. Mas valeu a pena esperar.

Após cobrança de falta lateral, a bola sobrou na entrada da área para Maicon. Com muita calma, o brasileiro fez o domínio e ainda deu mais dois toques antes de arrematar de longe, sem deixar a bola cair. O chute foi certeiro, no canto do gol defendido por Buffon. Já nos acréscimos, o lateral também iniciou a jogada que resultou no gol do camaronês Eto''o, selando a vitória em Milão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.