Stefano Rellandini/Reuters
Stefano Rellandini/Reuters

Inter de Milão demite Gasperini após novo tropeço

Clube anunciou demissão um dia depois da derrota de 3 a 1 para o Novara, no Italiano

AE, Agência Estado

21 de setembro de 2011 | 08h51

Durou apenas três meses e cinco partidas por competições oficiais a passagem do técnico Gian Piero Gasperini pela Inter de Milão. Nesta quarta-feira, o clube anunciou a demissão do treinador, um dia depois da derrota por 3 a 1 para o Novara, recém-promovido à elite do futebol italiano. A derrota veio menos de uma semana após a equipe ser batida por 1 a 0 pelo Trabzonspor, da Turquia, na estreia do time na fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa.

A Inter de Milão agradeceu Gasperini por seu trabalho e lamentou que o trabalho não tenha dado certo. Daniele Bernazzani e Giuseppe Baresi assumem o comando da equipe interinamente. Imediatamente, precisarão reerguer a equipe, que tropeçou nas cinco partidas que disputou nesta temporada e somou apenas um ponto em três rodadas do Campeonato Italiano.

A imprensa italiana, que especulava a saída de Gasperini desde a derrota para o Novara, aponta Claudio Ranieri, ex-técnico de Roma e Chelsea, como favorito a assumir o comando da equipe. Outra opção seria o ex-jogador Luis Figo, que possui um cargo na diretoria do clube.

A Inter de Milão tem uma agenda cheia nos próximos dias, jogando contra o Bologna no sábado, fora de casa. Em seguida, viaja para a Rússia, onde vai enfrentar o CSKA Moscou na próxima terça-feira pela Liga dos Campeões da Europa. No sábado seguinte, a equipe receberá o Napoli no San Siro.

Gasperini levou o Genoa à primeira divisão italiana em 2007, em seguida, classificou o clube para a Liga Europa com um quinto lugar em 2009, mas foi demitido em novembro, depois de ganhar apenas 11 pontos nas primeiras 10 partidas da última temporada.

Ele foi o terceiro treinador da Inter de Milão desde que José Mourinho foi para o Real Madrid após vencer o Campeonato Italiano, a Copa da Itália e a Liga dos Campeões na temporada 2009/2010. Rafa Benítez comandou o time durante a primeira metade da última temporada e foi substituído por Leonardo, que deixou a equipe para assumir um cargo na diretoria do Paris Saint-Germain em junho.

A Inter de Milão abriu a temporada com uma derrota por 2 a 1 para o Milan na Supercopa da Itália no mês passado. No Campeonato Italiano, antes da derrota para o Novara, havia perdido para o Palermo por 4 a 3 e empatado com a Roma por 0 a 0. Mas a má fase não pode ser atribuída apenas ao técnico, já que o time perdeu o artilheiro Samuel Eto''o para o Anzhi Makhachkala, da Rússia. Além disso, os atacantes Diego Forlán e Mauro Zárate, ambos recém-contratados, ainda não se destacaram.

Notícias relacionadas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.