Ciro Fusco/AP
Ciro Fusco/AP

Inter derrota o Napoli e se classifica à semifinal da Copa da Itália

Time de Milão ignora a torcida contra e faz 2 a 0 no San Paolo

Estadão Conteúdo

19 de janeiro de 2016 | 20h05

Bem ao seu estilo, a Inter de Milão conseguiu nesta terça-feira a sua classificação às semifinais da Copa da Itália. Com um forte e eficiente sistema defensivo e rapidez quando teve o contra-ataque à disposição, o time interista derrotou o Napoli por 2 a 0, no estádio San Paolo, em Nápoles, no duelo único pelas quartas de final da competição.

Com a classificação, a Internazionale expurga de vez o trauma da eliminação na temporada passada para o mesmo Napoli e na mesma fase. Há um ano, o time napolitano avançou com um gol do argentino Gonzalo Higuain, aos 48 minutos do segundo tempo. E se vinga também da derrota por 2 a 1, há um mês e meio, pelo Campeonato Italiano, atualmente liderado pelo Napoli - com quatro pontos a mais que a rival de Milão, em terceiro.

Nas semifinais, a Internazionale conhecerá nesta quarta-feira o seu adversário. No estádio Olímpico, em Roma, Lazio e Juventus reeditarão a decisão da última edição da Copa da Itália, conquistada pela equipe de Turim. Nesta fase, o duelo será mata-mata com o jogo de ida na próxima quarta e o da volta em 2 de março. No outro lado da chave estão Milan e Alessandria, da terceira divisão.

Em campo, o Napoli começou a partida com várias modificações em relação ao time que joga no Campeonato Italiano - Higuain, por exemplo, estava no banco de reservas -, mas mesmo assim teve mais posse de bola e criou várias oportunidades. Em duas delas, o goleiro Handanovic foi decisivo para evitar o gol napolitano. Do outro lado, apenas um chute de fora da área de Jovetic chegou facilmente às mãos de Pepe Reina.

No segundo tempo, com o 0 a 0 no placar, o técnico napolitano Maurizio Sarri resolveu colocar o meia eslovaco Hamsik e Higuain para tentar a vitória no tempo normal. Novas chances foram criadas, mas quem aproveitou bem as oportunidades criadas foi a Internazionale.

Em dois contra-ataques, definiu a classificação. Aos 29 minutos, Jovetic roubou bola na intermediária e chutou colocado e preciso no ângulo esquerdo de Reina para abrir o placar. Aos 47, Ljajic recebeu livre no meio de campo, avançou e tocou na saída do goleiro espanhol para fazer o segundo. A esta altura, o Napoli já estava com um a menos por causa da expulsão do atacante belga Mertens, aos 43, por tentar simular um pênalti do zagueiro brasileiro Miranda.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.