Inter de Milão deve poupar Adriano

O atacante Adriano se sente cansado, depois de servir a seleção brasileira ? enfrentou o Chile no domingo, pelas Eliminatórias Sul-Americanas para o Mundial 2006, e o Sevilla, em amistoso na terça-feira. Preocupado com o estado físico do seu principal jogador, o técnico da Inter de Milão, Roberto Mancini, pensa em poupar o brasileiro, que pode jogar apenas parte da partida contra o Palermo, neste sábado, fora de casa, na segunda rodada do Campeonato Italiano. Mancini está preparando o argentino Julio Cruz, reserva de luxo, que sempre corresponde quando entra em campo. O técnico tem outras dúvidas para montar o time: o chileno Pizarro, por exemplo, pode jogar ao lado de Verón, ou ser seu substituto no decorrer do jogo. Os maiores problemas estão na defesa. Os argentinos Solari e Zanetti estão fora de forma. Samuel, que cumpre pena por ter cuspido em Nedved, da Juventus, nem viajou para Palermo. Em compensação, Figo e Obafemi Martins estão confirmados. Na outra partida do dia, o Milan recebe o Siena e deve manter a legião brasileira do time. Dida, Cafu, Serginho e Kaká estão cotados para iniciar como titulares. O clube de Milão vem de empate de 1 a 1 contra o modesto Ascoli e precisa vencer para provar que o resultado da estréia foi um acidente, provocado pelas péssimas condições do gramado na última partida. O atacante Alberto Gilardino, uma das novas contratações, precisa mostrar serviço. No primeiro jogo, teve uma atuação apagada. O capitão Paolo Maldini, contundido, ainda é dúvida. O Siena tem um desfalque no ataque: o argentino Roberto Nanni, também por lesão. A rodada será completada no domingo com oito jogos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.