Stefano Rellandini/Reuters
Stefano Rellandini/Reuters

Inter de Milão e Barcelona empatam em estreia

Esperado confronto teve poucas oportunidades de gol e terminou em 0 a 0 na Itália

Agencia Estado

16 de setembro de 2009 | 17h57

O duelo mais esperado da primeira rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa decepcionou. Nesta quarta-feira, Inter de Milão e Barcelona empataram por 0 a 0, na Itália, em partida válida pelo Grupo F, em um confronto com poucas chances de gol.

Veja também:

linkSevilla ganha com gols de Luís Fabiano e Renato

linkArsenal bate o Standard Liège de virada

linkLiverpool e Lyon vencem em casa

Liga dos Campeões - lista Classificação / Resultados / Tabela

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

O duelo marcou o reencontro de Samuel Eto'o e Ibrahimovic com seus ex-clubes. Os dois jogadores foram envolvidos em uma transação milionária que movimentou a última janela de transferências internacionais. Os dois astros, porém, tiveram atuação apagada. Eto'o foi pouco acionado e Ibrahimovic desperdiçou boa chance de gol.

O Barcelona, mesmo atuando fora de casa, foi mais ofensivo no início do primeiro tempo, mas desperdiçou boa oportunidade de gol aos 9 minutos. Messi cabeceou, mas o brasileiro Júlio César evitou a abertura do placar ao fazer boa defesa. Aos poucos, a Inter de Milão soube conter os avanços do Barcelona e chegou com perigo em chutes de fora da área.

O time catalão voltou a ser perigoso no final da etapa inicial. Aos 40 minutos, Daniel Alves foi lançado na grande área. Acuado por Julio César, passou para Keita, que finalizou para fora.

Na segunda etapa, o Barcelona, atual campeão da Liga dos Campeões, seguiu mais ofensivo, mas foi pouco efetivo. Na principal chance, aos 3 minutos, Xavi cruzou para Ibrahimovic, que tentou encobrir Júlio César, mas finalizou para fora.

Já o Dynamo Kiev se deu melhor no duelo contra o Rubin Kazan e venceu o confronto entre os coadjuvantes do Grupo F por 3 a 1. Com três pontos, o time dos brasileiros Gérson Magrão, Leandro Almeida e Betão lidera a chave.

O Rubin Kazan saiu em vantagem no primeiro tempo com um gol marcado por Alejandro Domínguez aos 25 minutos. O Dynamo reagiu na etapa final e conseguiu a virada com gols de Ayila Yussuf, aos 26, Gerson Magrão, aos 34, e Gusev, aos 40 minutos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.