Inter de Milão garante que não venderá Maicon

Lateral da seleção brasileira foi sondado por Real Madrid, mas negócio não deve se concretizar

AE-AP, Agência Estado

15 de julho de 2010 | 09h57

O interesse anunciado do Real Madrid em Maicon, surgido após a chegada do técnico Jose Mourinho no clube espanhol, não deve se concretizar em negociação. Nesta quinta-feira, o diretor técnico da Internazionale de Milão, Marco Branca, garantiu que o lateral-direito da seleção brasileira não está à venda.

Outro jogador em situação semelhante é Mario Balotelli, jovem atacante de 19 anos que já teve alguns problemas de comportamento na Inter de Milão. Chelsea, Manchester City, Manchester United e Milan seriam os principais times interessados em sua contratação.

"Maicon e Balotelli nunca estiveram à venda. Podemos até avaliar quando houver alguma proposta, mas eles não estão à venda", enalteceu o dirigente da Inter de Milão, minimizando qualquer chance dos dois atletas serem negociados.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.