Inter de Milão sofre, mas bate o Southampton e vence a primeira na Liga Europa

Time italiano recebeu o Southampton e arrancou o triunfo por 1 a 0

Estadão Conteúdo

20 Outubro 2016 | 17h02

A Inter de Milão conseguiu uma suada vitória nesta quinta-feira e amenizou a crise que pairava sobre o Giuseppe Meazza. Sem o brasileiro Gabriel, que não está inscrito na competição, o time italiano recebeu o Southampton e arrancou o triunfo por 1 a 0, seu primeiro resultado positivo nesta edição da Liga Europa.

O triunfo, no entanto, não tirou a Inter da última colocação do Grupo K, agora com três pontos, duas posições abaixo do Southampton, que tem quatro. Na outra partida da chave, o Sparta Praga surpreendeu o Hapoel Beer Sheva em Israel e foi a seis pontos, na liderança. No dia 3 de novembro, será a vez do Southampton receber a Inter e do Hapoel viajar para pegar o Sparta.

A Inter entrou pressionada nesta quinta pelo péssimo desempenho recente, já que vinha três derrotas seguidas e quatro partidas sem vencer - considerando apenas jogos oficiais. A pressão sobre o técnico Frank De Boer já resultava nos primeiros rumores de demissão, e para piorar, a interminável polêmica sobre o atacante e capitão Icardi aflorava os ânimos da equipe.

Talvez por isso, o primeiro tempo foi nervoso. A Inter não apresentava um futebol superior às fracas atuações que já havia tido pela competição. O Southampton também pouco atacava e, por isso, as chances eram escassas. Somente na etapa final, o nível melhorou um pouco.

Precisando da vitória, a Inter foi para cima na volta do intervalo e chegou ao gol aos 21 minutos. Após cruzamento rasteiro de Santon pela esquerda, Candreva aproveitou desatenção da zaga para se antecipar e encher o pé, acertando o ângulo direito, sem chances para Forster.

O gol acordou o Southampton, que passou a dominar a partida. Jay Rodriguez chegou a ter um gol anulado, após o árbitro ver falta do jogador na cobrança de escanteio. E nos últimos minutos, cresceu a estrela de Handanovic, que chegou a salvar uma finalização à queima-roupa de Virgil van Dijk.

OUTROS RESULTADOS - Pelo Grupo J, destaque para a invicta Fiorentina, que assumiu a liderança isolada da chave ao derrotar o Slovan Liberec por 3 a 1, mesmo atuando na República Checa. Com dois gols de Kalinic, e outro de Babacar, o time italiano chegou a sete pontos, deixando o rival na lanterna, com um. O Qarabag recebeu o PAOK e venceu por 2 a 0, resultado que deixou ambas as equipes com quatro pontos.

Já no Grupo G, dois empates por 2 a 2. O Celta de Vigo recebeu o Ajax e precisou arrancar a igualdade já na reta final, mesma situação do Standard Liège, que chegou a estar perdendo por 2 a 0 para o Panathinaikos em casa. Com isso, o Ajax lidera a chave, com sete pontos, seguido pelo Celta, com cinco, Standard Liège, com dois, e Panathinaikos, com um.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.