Inter de Milão também vai sondar Ronaldinho, diz Moratti

'É como se o mercado estivesse aberto. Então, está aberto para nós também', afirma o presidente do time

Mark Meadows, Reuters

14 de abril de 2008 | 10h00

A Inter de Milão está considerando copiar a caça do Milan ao atacante Ronaldinho Gaúcho, disse o presidente do time, Massimo Moratti, no domingo. O chefe executivo do Milan, Adriano Galliani, e o irmão e empresário de Ronaldinho, Roberto de Assis, disseram que os termos iniciais já foram acordados e que o clube agora precisa falar com o Barcelona. Mas Moratti, que antes negava o interesse dos líderes da série A pelo brasileiro, incitou a fúria de seus rivais ao entrar na disputa pelo jogador. "Vamos avaliar a possibilidade na semana que vem", disse Moratti à Sky Television. "Temos boas relações com o Barcelona e com o empresário de Ronaldinho. Veremos". Assis disse que o Milan é o único clube com que já falou, mas Moratti não acha que o negócio já tenha sido fechado. "Depende um pouco da nossa decisão. É um acordo que o Milan está conduzindo bem e é como se o mercado de transferência estivesse aberto. Então, está aberto para nós também", disse Moratti. A Inter provavelmente perderá Luis Figo, que se aposentará no fim da temporada, e deseja outro jogador criativo. Os dois clubes se enfrentaram no ano passado, quando, no último minuto, o Milan tentou contratar o atacante David Suazo, do Cagliari, depois que ele já tinha conversado com a Inter. O jogador hondurenho escolheu a Inter. Os últimos meses têm sido difíceis para Ronaldinho, 28, por causa de uma lesão e da falta de forma e a transferência tem sido discutida. O atacante está fora do restante dos jogos por uma lesão na perna. Uma possível transferência não pode ser feita oficialmente até o fim da temporada, a não ser que ele assuma financeiramente com a quebra do contrato.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.