Inter defende escalação de time B após derrota

A derrota do Internacional para o Cruzeiro de Porto Alegre na primeira rodada do primeiro turno do Campeonato Gaúcho não abalou os jogadores e a diretoria. E o presidente Giovanni Luigi defendeu a decisão de disputar as primeiras rodadas do Campeonato Gaúcho com o Inter B ao lembrar que o time foi campeão da Copa Sub-23 e da Copa FGF em 2010.

AE, Agência Estado

16 de janeiro de 2011 | 21h25

"Temos que analisar o time pelo que ele apresentou no ano passado, quando foi campeão das duas competições que disputou. Temos convicção que o Inter B irá em busca da reação já nesta quarta-feira", disse o presidente. "Temos convicção neste time, é com ele que vamos jogar o campeonato. Vamos trabalhar mais na busca pelo melhor rendimento", completou o vice-presidente de futebol Roberto Siegmann.

Já os jogadores prometeram que a equipe vai reagir imediatamente no torneio e projetaram uma vitória no duelo com o Porto Alegre, na quarta-feira, às 19h30, no Estádio Olímpico. "Os dois times tiveram oportunidades. O Cruzeiro aproveitou e ficou com a vitória. Mas agora vamos pensar no próximo jogo", avaliou o goleiro Muriel, que considerou a derrota injusta. "Temos um jogo já nesta quarta para buscar a vitória. Vamos trabalhar forte", disse o atacante Guto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.