Inter derrota Fla na Sul-Americana

O Internacional venceu o Flamengo, por 3 a 1, nesta quarta-feira à noite, em Porto Alegre, pela segunda rodada do Grupo 1 da Copa Sul-Americana. A vitória deixou a equipe gaúcha com quatro pontos ganhos e já eliminou o Flamengo da competição. O Inter, agora, torce por uma vitória ou empate entre Santos e Flamengo para passar à próxima fase. O campeão enfrentará o São Caetano, campeão do Grupo 4, na próxima fase. Mal o jogo havia iniciado e o Flamengo, aos três minutos, precisou contar com a sorte para fazer 1 a 0: Rafael avançou pela direita e cruzou para a defesa parcial de Luiz Muller. A bola voltou para o meio da área e bateu no peito de Zé Carlos e entrou. A partir daí, o Inter dominou totalmente o jogo. Aos 11 minutos, Nilmar entrou na área com a bola dominada foi derrubado por Júlio César num pênalti claro não marcado pelo árbitro Luciano Almeida. O Inter continuava dominando e, aos 26 minutos, Júnior chutou forte para uma grande defesa de Júlio César com os pés. Aos 33, num rápido contra-ataque, na única jogada elaborada pelo ataque do Flamengo, Jean chutou duas vezes para excepcionais defesas de Luiz Muller. Sempre no ataque, o Inter continuou perdendo gols. Aos 37 foi a vez de Nilmar, outra excelente defesa de Júlio César. Veio o segundo tempo e o Inter continuava dominando totalmente o jogo. Essa supremacia se transformou em dois gols, aos seis e oito minutos, ambos marcados por Jéfferson Feijão. Aos 16 minutos, Élder Granja, numa falha de Júlio César fez 3 a 1 e decretou a justa vitória do Inter, que foi sempre melhor em campo, no dia de inauguração do novo sistema de iluminação de seu estádio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.