Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Inter derrota Paysandu por 1 a 0

O Internacional venceu o Paysandu, por 1 a 0, neste domingo à tarde, em Porto Alegre, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o time gaúcho soma sete pontos. Já o Paysandu continua na 23ª e penúltima posição, com apenas um ponto. O jogo, desde o início, teve o domínio do Inter. Com excelente movimentação e ocupando todos os espaços, a equipe gaúcha mostrou um bom aproveitamento nos passes e, por isso, chegou várias vezes na área adversária. A primeira conclusão perigosa, no entanto, foi do Paysandu quando Júlio Santos, de cabeça, após jogada ensaiada, obrigou Clemer a fazer grande defesa. Depois, só deu Inter. Nilmar, aos 18 e 26 minutos entrou sozinho na área mas, nas duas vezes, chutou fraco para defesa de Paulo Musse. Comandado pela excelente atuação de Chiquinho, o Inter continuou dominando o jogo. O Paysandu tentava os contra-ataques, mas esbarrava no bom posicionamento da defesa do Inter. Por isso, os gaúchos foram ao ataque e continuaram perdendo gols: aos 31 Chiquinho acertou o travessão e aos 34 Paulo Musse salvou o Paysandu após cabeçada de Nilmar. O atacante reconheceu que faltou sorte nos arremates. "Acontece que o goleiro deles também é muito bom e fez grandes defesas." O panorama do segundo tempo continuou o mesmo. O Inter dominava e o Paysandu se defendia. Mesmo assim o Inter não conseguia criar chances de gol, pois Rafael Sóbis, que substituiu o lesionado Oséas, não conseguia levar vantagem sobre a zaga adversária. Por isso, aos 15 minutos, saiu para a entrada de Élder Granja, que aos 26, após um passe preciso de Nilmar, venceu Paulo Musse para fazer 1 a 0 e definir a vitória, a segunda vitória do Inter na competição. Na quarta-feira o Inter enfrenta o Vitória, em Salvador, pela Copa do Brasil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.