Inter derrota São Paulo por 2 a 0

Bem que o técnico do São Paulo, Roberto Rojas, já tinha avisado. ?Quero ver o resultado sábado?, afirmou na sexta-feira, depois de ficar irritado com a presença de modelos durante o treino da equipe, o último antes da partida deste sábado contra o Internacional. Dito e feito! A presença das beldades parece mesmo ter abalado a concentração dos são-paulinos, que perderam em casa para os gaúchos por 2 a 0. Com o resultado, o time do Morumbi permanece em terceiro, com 42 pontos, enquanto o Inter sobe para quinto na classificação do Campeonato Brasileiro, agora com 38. Na quarta-feira o desafio do São Paulo é maior. Vai a Belo Horizonte enfrentar o líder Cruzeiro. Os torcedores que se predispuseram a passar o final da tarde no Morumbi acabaram se divertindo mais com a preliminar, que reuniu as modelos em jogo beneficente. O pesadelo começou quando a bola rolou para valer. Nem mesmo a presença da Kaká no campo serviu para dar criatividade ao time. Adiantado, jogou ao lado de Luís Fabiano. Coincidência ou não, ambos não viram a cor da bola e sucumbiram a boa marcação do Internacional. No final, a torcida, descontente com mais um resultado negativo (a equipe somou apenas um dos últimos nove pontos disputados) não perdoou e ofendeu sua principal estrela. ?Sinceramente eu não sei porque isso acontece?, afirmou Kaká. ?Não é legal jogar com a torcida se comportando desse jeito, pois não perdi sozinho.? Já os comandados pelo técnico Muricy Ramalho, que nada tinham a ver com os problemas tricolores, jogaram o famoso ?feijão com arroz?. Fora de casa, reforçaram a marcação, sobretudo sobre Kaká e Luís Fabiano, e exploravam os contra-ataques. Além disso, ainda contavam com eventuais falhas da defesa paulista, o que aconteceu aos 3 minutos do segundo tempo. Após cruzamento na área, a bola foi desviada. Rogério Ceni defendeu, mas espalmou para o meio, onde o zagueiro Wilson estava sem marcação e só teve trabalho de tocar para as redes. Bem posicionado no campo, os visitantes não encontraram dificuldade para segurar o resultado. A missão ainda foi facilitada pela expulsão do lateral-esquerdo Fabiano. A decepção final aconteceu aos 35, quando a revelação colorada, Nilmar, aproveitou contra-ataque, avançou em velocidade, passou por Jean e tocou no contrapé do goleiro Rogério Ceni para fechar o marcador.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.