Inter e Atlético-MG empatam por 3 a 3

Depois de ficar três vezes em desvantagem no placar, o Internacional conseguiu empatar com o Atlético-MG por 3 a 3, nesta quarta-feira, no Beira-Rio. O resultado deixou os dois times com 31 pontos no Campeonato Brasileiro e foi o retrato de um jogo cheio de alternativas, com falhas das duas defesas e jogadas de qualidade dos dois ataques.O ímpeto inicial do Inter foi esfriado pela eficiente marcação e as jogadas rápidas do Atlético. O primeiro gol, no entanto, teve a colaboração de Clemer. Aos 11 minutos, Tucho cobrou falta e o goleiro do time gaúcho deixou a bola escapar e passar entre suas pernas. Guilherme, atento, ainda deu o último chute.O Inter conseguiu reagir aos 24 minutos, quando Ismael fez um lançamento para a área e o zagueiro Scheidt, atrapalhado por Diego, deixou a bola escapar. Daniel Carvalho aproveitou a sobra para empatar o jogo.Depois dos erros das defesas, o segundo gol do Atlético, aos 30 minutos, foi todo por mérito dos atacantes. Em apenas três toques, os jogadores chegaram ao gol. Tucho passou para Guilherme lançar Alex Alves, que estava livre para chutar. O novo empate do Inter, aos 46 minutos, foi resultado de uma jogada individual de Cleiton Xavier, que avançou entre os zagueiros atleticanos e passou para Daniel Carvalho concluir.O segundo tempo seguiu eletrizante, com boas jogadas dos dois times. O Inter chegou perto do gol aos 19 minutos, quando Vinícius cabeceou uma bola no travessão. Mas foi o Atlético, pela terceira vez, que passou à frente. Aos 39, Cicinho cobrou falta com perfeição e fez 3 a 2. A seis minutos do final, a vitória do Atlético parecia certa. Mas o Inter empatou logo depois, aos 40. Fernando Cardozo cruzou para a área e Jéfferson Feijão fez 3 a 3.

Agencia Estado,

16 de julho de 2003 | 23h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.