Inter e Brasil empatam em jogo marcado por confusão entre torcidas

Brigas nas arquibancadas atrasam segundo tempo em 28 minutos

Estadão Conteúdo

11 de abril de 2015 | 19h05

Em partida marcada por confusão nas arquibancadas, o Internacional empatou por 1 a 1 com o Brasil de Pelotas neste sábado, no Estádio Aldo Dapuzzo, em Rio Grande, no jogo de ida das semifinais do Campeonato Gaúcho. O confronto de volta acontecerá em 19 de abril.

O primeiro tempo foi muito equilibrado e, depois de Valdívia ter acertado o travessão em uma cobrança de falta, o time colorado saiu na frente apenas nos acréscimos. Rafael Moura aproveitou cruzamento da direita mesmo Valdívia bola na área para marcar de cabeça, aos 47 minutos.

No intervalo, com as equipes no vestiário, começaram as provocações entre os torcedores do Inter e do Brasil, com objetos arremessados de ambos os lados. A polícia precisou intervir com spray de pimenta e bombas de efeito moral e entrou em confronto. Um torcedor precisou de atendimento médico e deixou o estádio de ambulância.

O árbitro optou por reiniciar a partida 43 minutos após o término do primeiro tempo até que o problema na arquibancada fosse solucionado. A segunda etapa foi marcada por um jogo truncado. Aos 36 minutis, Geferson derrubou Diogo Oliveira na área. Pênalti para o Brasil de Pelotas. Forster bateu firme e empatou a partida. O Brasil foi para cima nos minutos finais, mas não conseguiu virar a partida.

Neste domingo será realizado o jogo de ida da outra semifinal do Campeonato Gaúcho. O Juventude recebe o Grêmio às 16 horas, no Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul. O duelo de volta deste mata-mata ocorrerá no dia 18, na Arena Grêmio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.