Inter e Milan buscam vaga na Uefa

A honra da Itália nos torneios europeus está nas pés de Internazionale e Milan. Os dois rivais milaneses são os únicos representantes do país que restaram, depois da desclassificação de Roma, Juventus, Lazio, Fiorentina e Parma. Ambos jogam a sorte nesta quinta-feira, nas quartas-de-final da Copa da Uefa. A tarefa teoricamente não é fácil para nenhum dos clubes de Milão. A Inter vai à Espanha, para enfrentar o Valencia, com a desvantagem de ter empatado por 1 a 1, em casa, na semana passada. Os espanhóis passam adiante até com resultado de 0 a 0. O argentino Héctor Cúper, técnico da Inter, não levou Ronaldo, por considerar que o brasileiro está fora de forma. Além disso, não contará com o artilheiro Vieri, que se recupera de torção no tornozelo e só joga domingo contra a Roma. O Milan decepcionou no confronto de ida com o Hapoel Tel-Aviv e perdeu por 1 a 0 em Nicósia, Chipre - o jogo não foi em Israel por medida de segurança. Agora, tem a obrigação de ganhar por diferença de dois gols para ser um dos semifinalistas. Se vencer por 1 a 0, a vaga será definida nos pênaltis. Um semifinalista será holandês, que sai do duelo doméstico entre Feyenoord e PSV Eindhoven. O clássico da semana passada terminou com empate de 1 a 1. Já o Borussia Dortmund recebe a visita do Slovan Liberes, da República Checa. No jogo anterior, empate de 0 a 0.

Agencia Estado,

20 Março 2002 | 19h10

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.