Luza Zennaro/EPA
Luza Zennaro/EPA

Inter e Milan confirmam troca de Pazzini por Cassano

Clubes não confirmaram se foram incluídos valores financeiros na troca

AE, Agência Estado

22 de agosto de 2012 | 09h13

MILÃO - O atacante Cassano havia dito recentemente que estava insatisfeito com a reserva no Milan e que gostaria de ser negociado. Nesta quarta-feira, o clube atendeu o pedido do jogador e o liberou para a rival Inter de Milão. Em troca, recebeu o atacante Pazzini, que também estava sem espaço e vinha ficando no banco.

Os clubes não confirmaram se foram incluídos valores financeiros na troca, mas de acordo com a imprensa europeia o Milan, além de enviar Cassano, pagou ao rival 7,5 milhões de euros (cerca de R$ 19 milhões) por Pazzini. Ambos os jogadores fizeram exames médicos em seus novos times na última terça.

Curiosamente, os dois foram companheiros de equipe na Sampdoria, onde atuaram juntos de 2008 a 2011. De lá, Cassano foi para o Milan na metade da temporada 2010/2011, mesma época em que Pazzini acertou com a Inter de Milão.

Mesmo já tendo atuado por Milan e Roma, duas grandes equipes italianas, Cassano garantiu que só agora terá a oportunidade de jogar por seu clube de coração. "Finalmente, depois de uma eternidade, cheguei à minha equipe de coração. Uma saudação para todos os torcedores da Inter, como eu", disse em sua chegada à equipe.

O experiente atacante, de 30 anos, ainda admitiu que o fato de atuar pela Inter pode fazer com que ele renda mais em campo. "Para mim é muito importante, porque quando você atua pela equipe que torce, significa que atingiu o máximo na carreira", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.