Inter e Roma apelam para reservas na Copa da Itália

Equipes poupam jogadores para se concentrar no Campeonato Italiano; Lazio e Catania com força máxima

Agência Estado,

15 de abril de 2008 | 18h05

Inter de Milão e Roma, os dois candidatos ao título italiano, devem escalar times praticamente reservas nos jogos desta quarta-feira contra Lazio e Catania, respectivamente, que abrem as semifinais da Copa da Itália. Na capital, às 13 horas (de Brasília), a Roma deve entrar sem, no mínimo, quatro titulares: o zagueiro Juan, o lateral Cassetti e os meias De Rossi e Perrotta. Totti, que se recupera de contusão, deve entrar no time titular, ao lado do brasileiro Mancini, que jogará um pouco mais avançado que de costume. O Catania deve entrar com força máxima, apesar de estar mais preocupado com a fuga do rebaixamento - está em 15.º lugar no Italiano, muito perto da zona de degola.  A Inter recebe a Lazio às 15h45 (de Brasília), e o técnico Roberto Mancini deve aproveitar para movimentar jogadores que não vêm sendo usados, como o meia César, ex-São Caetano, os portugueses Maniche e Figo, o argentino Solari e o garoto Balotelli, de 17 anos, considerado a grande revelação do clube nos últimos tempos. Para a Lazio, no entanto, o jogo é de vida ou morte. A equipe já não tem grandes aspirações na liga local - está em 12.º lugar e não corre risco de rebaixamento, mas também não tem chance de chegar às primeiras posições - e vê a competição como única chance de faturar um título e figurar no cenário europeu na próxima temporada, já que o campeão vai à da Copa da Uefa. O técnico Délio Rossi poupou os titulares no fim de semana, contra o Siena, e deve usar todos os titulares na partida.

Tudo o que sabemos sobre:
Inter de MilãoRoma

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.