Inter eliminada com Ronaldo em campo

O atacante Ronaldo continua sem sorte, mas pelo menos desta vez não sofreu nenhuma lesão nos 23 minutos que esteve em campo. Nesta quinta-feira, o jogador ganhou uma chance do técnico da Internazionale, Héctor Cúper, diante da Udinese, no Estádio Giuzeppe Meazza, em jogo válido pela Copa da Itália, mas viu sua equipe ser eliminada da competição. Entrou em campo aos 25 minutos do segundo tempo, em substituição a Kallon, quando a Inter vencia por 2 a 1, resultado que levaria a decisão da vaga às quartas-de-final para os pênaltis - foi derrotada em Údine por 2 a 1. Arriscou algumas jogadas sem sucesso nas poucas vezes que pegou na bola. E ainda viu o adversário empatar, nos minutos finais e desclassificar sua equipe. Em Bérgamo, o Atalanta ficou no 0 a 0 com o Bologna e obteve a vaga graças aos gols marcados fora de casa (2 a 2 no jogo de ida). Já haviam se garantido na próxima fase, Milan, Lazio, Roma, Brescia e Parma. A última vaga para as quartas-de-final será definida dia 12, no confronto entre Juventus e Sampdoria.

Agencia Estado,

29 Novembro 2001 | 20h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.