Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Inter está perto da elite paulista

A Internacional está a um empate de disputar a Série A1 em 2005. O time venceu o Flamengo por 2 a 1 neste domingo à tarde, em Limeira, e agora pode até empatar no próximo domingo, diante do Taubaté, que garante a única vaga do acesso deste ano. O Leão está com 12 pontos e lidera o quadrangular final. Como leva vantagem no saldo de gols e no número de gols marcados, o time de Limeira se garante com um empate, desde que o Taquaritinga não vença o Flamengo por dois ou mais gols. O time de Guarulhos ainda não pontuou, sendo lanterna. A Internacional começou pressionando e o gol veio logo aos dois minutos. Maranhão recebeu lançamento, ganhou dos zagueiros na corrida e chutou por cobertura. Antes da bola entrar para o gol, o atacante Brenner desviou de cabeça para abrir o placar no Estádio "Major José Levy Sobrinho". Sem ânimo ou perspectiva, O Flamengo procurou não se entregar tão facilmente e, ao menos, dificultar o trabalho do adversário. Mas o time de Limeira veio com tudo ao ataque, o esquema armado pelo técnico Pintado deixou o meia Maranhão como um "falso-atacante", o que dificultou muito a marcação adversária. Mas a Inter desperdiçou muitos gols e perdeu a oportunidade de terminar o primeiro tempo com uma vantagem maior. Na segunda etapa, debaixo de muita chuva, o time de Guarulhos evoluiu e chegou ao empate aos 23 minutos. Após cobrança de escanteio, a defesa aliviou a bola para a entrada da área, o zagueiro Marquinhos emendou um chute de primeira e empatou o jogo. O Flamengo melhorou e poderia ter virado, não fosse os gols perdidos por Marcinho e Gílson. Quando a partida já estava nos acréscimos, o lateral Dyckson carregou a bola até a intermediária e chutou forte, a bola quicou no chão e passou por baixo do goleiro, aos 47 minutos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.