Itamar Agiar / AFP
Itamar Agiar / AFP

Inter estreia no Brasileirão para derrubar tabu negativo em Chapecó

Time gaúcho joga contra a Chapecoense vindo de bom resultado no meio de semana pela Libertadores

Redação, Estadão Conteúdo

27 de abril de 2019 | 13h00

Depois de garantir a primeira colocação do Grupo A da Copa Libertadores na última quarta-feira ao vencer o Alianza Lima, por 1 a 0, no Peru, o Internacional volta suas atenções para o Campeonato Brasileiro, que começa neste final de semana.

A estreia, porém, não será fácil. Neste sábado, o Inter vai até Chapecó enfrentar a Chapecoense, às 19 horas, na Arena Condá. O retrospecto na casa do adversário é só de derrotas, em quatro jogos disputados."A preocupação agora é a Chapecoense, pois nunca vencemos lá e queremos conquistar a primeira vitória", disse o vice-presidente de futebol Roberto Melo.

Além do tabu, a maratona de jogos também pesa contra o Internacional. Depois de vencer o Alianza no Peru, a delegação desembarcou em Curitiba, onde realizou um treinamento nesta sexta-feira, e na sequência seguiu para Chapecó.

Como a atividade no CT do Caju, que pertence ao Athletico-PR, foi fechado para a imprensa, o técnico Odair Hellmann não deu pistas se vai colocar em campo o que tem de melhor. A tendência é que seja escalado um time praticamente reserva.

O volante Rodrigo Dourado, com dores no joelho esquerdo, e o centroavante Paolo Guerrero, com entorse no tornozelo esquerdo, voltaram para Porto Alegre. Por outro lado, o zagueiro Roberto e os atacantes Guilherme Parede e Jonatan Alvez se juntaram a delegação na capital paranaense.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.