Divulgação
Divulgação

Inter faz acordo com a Rede Globo para transmissão dos jogos entre 2021 e 2024

Colorado já havia acertado com o Esporte Interativo para o biênio 2019-2020

Estadão Conteúdo

05 Outubro 2016 | 18h19

Após ceder seus direitos de transmissão ao Esporte Interativo para o biênio 2019-2020, o Internacional acertou acordo com a Rede Globo nesta quarta-feira para transmitir seus jogos entre os anos de 2021 e 2024. A negociação cobre todas as mídias, incluindo a TV fechada.

O clube não revelou os valores envolvidos no acordo, mas a imprensa local estima em R$ 87 milhões para os quatro anos de validade do acerto. "O Internacional, fruto de sua convicção e persistência, mesmo com a desconfiança de alguns, acabou por obter condições que irão gerar o melhor retorno entre todos os clubes da Região Sul", afirmou o presidente do Inter, Vitorio Píffero.

O Inter já tinha acerto com o Esporte Interativo (EI) para a transmissão fechada nos anos de 2019 e 2020. Para o clube, o acordo com o EI fez pressão sobre a Rede Globo e permitiu uma negociação mais favorável com o grupo para os anos seguintes.

"A coragem do Internacional, do Santos e de outras equipes de não aceitarem as primeiras propostas, estenderem as negociações e aceitarem fechar compromisso com a Esporte Interativo foi fundamental para alcançar os termos desejados. O futebol brasileiro ganhou muito com isso", declarou o primeiro vice-presidente do Inter, Pedro Affatato.

O acordo válido para os anos de 2019 e 2020 inclui apenas a TV fechada. Para as outras mídias, como TV aberta e internet, ainda há negociações em andamento. O clube não confirmou se conversa com a Rede Globo para transmissão aberta nestes anos. "Buscamos sempre o que há de melhor para o nosso clube, e acreditamos que o novo compromisso está de acordo com a grandeza do Inter e da sua torcida", afirmou Vitorio Píffero.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.