Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Inter ganha e mantém Bota lá embaixo

O Internacional bateu o Botafogo por 3 a 1 neste domingo, jogando em Porto Alegre (RS), e mantém o time carioca ameaçado de rebaixamento para a Série B. Tudo porque o Botafogo está com 39 pontos e próximo dos quatro últimos colocados na classificação da competição.Jogando em casa, o Internacional impôs seu melhor padrão técnico e não teve dificuldade para derrotar a equipe carioca. Marabá abriu o placar aos 27 minutos do primeiro tempo, aparando cruzamento perfeito do ala Chiquinho. Na segunda etapa, Fernandão anotou duas vezes para o time gaúcho. Aos 4 minutos, de pênalti e aos 34 de cabeça.O Botafogo descontou aos 24 com Rui, em lance polêmico do árbitro Cleber Welington Abade: ele validou cobrança de falta com a bola em movimento enquanto o Inter ainda organizava a barreira. O jogo foi bastante movimento, sobretudo no segundo tempo. O primeiro grande lance foi uma cobrança de falta por Valdo aos 2 minutos, que obrigou Clemer à grande defesa. O Inter respondeu aos 16, com Rafael Sóbis, errando o gol da pequena área.Na segunda etapa, Schwenke quase empatou a dois minutos. Na seqüência Diego fez grande jogada em tabela com Elder Granja e foi derrubado pelo goleiro Jeferson: pênalti, que Fernandão converteu com categoria. Com 2 a 0, o Inter relaxou e permitiu maior volume de jogo para o Botafogo, que teve boas chances de gol com Valdo aos 7 e Almir aos 15 minutos. O terceiro gol que teve a colaboração do goleiro Jéferson consolidou a vitória colorada. O time chegou aos 46 pontos, enquanto o Botafogo manteve os 39 e se aproximou da zona de rebaixamento.

Agencia Estado,

17 de outubro de 2004 | 18h40

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.