Inter já vive ameaça do rebaixamento

Lanterna do Campeonato Paulista da Série A-1 e único time sem vencer, a Internacional continua vivendo momentos de apreensão. E o técnico uruguaio Sérgio Ramirez sabe que o nervosismo só vai passar com a chegada das vitórias. "Estamos jogando bem e só faltam mesmo as vitórias", explica Ramirez que ainda não venceu em seis rodadas.Mas o time melhorou bastante de produção nos últimos três jogos, quando empatou contra são Paulo, Mogi Mirim e Guarani. O crescimento técnico se deve, em grande parte, à chegada dos reforços no Limeirão, como do lateral Vitor, do volante Pintado e do meia Caio. "Infelizmente o grupo inicial tinha algumas deficiências", comentou o técnico.Só que não será nada fácil para a Inter vencer seu próximo compromisso. Ela vai pegar o Palmeiras, mergulhado em crise, domingo no Parque Antártica, em São Paulo. Uma nova derrota pode ser fatal para o futuro do técnico limeirense, que promete surpreender o Palmeiras. "Não existe jogo fácil no Campeonato Paulista, mas ninguém vai ganhar da gente antes de entrar em campo e correr muito", garante Ramirez. Ele deposita muita confiança nos jogadores experientes que estrearam no empate de 3 a 3 contra o Guarani, como Pintado e Caio. O ex-meia do Grêmio deve começar jogando, o que não aconteceu sábado por estar fora de forma física ideal.A Internacional tem quatro pontos e divide a lanterna do Paulistão com a Matonense. Os dois clubes já começam a se preocupar com o rebaixamento para a Série A-2. Os dois últimos colocados serão rebaixados para a temporada de 2002.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.