Inter joga fora e tenta dar outro passo rumo ao topo

O Internacional pode se aproximar de vez da briga pela liderança do Campeonato Brasileiro se vencer o Atlético Paranaense nesta quarta-feira, às 22 horas, na Arena da Baixada, em Curitiba, e se, ao mesmo tempo, o Corinthians não ganhar do Santos, na Vila Belmiro. O clube gaúcho começa a 24.ª rodada como quarto colocado, com 38 pontos, e, na melhor das hipóteses, termina em terceiro, com 41. A meta, no entanto, é alcançar o Corinthians, primeiro colocado, com 44 pontos.

ELDER OGLIARI, Agência Estado

22 de setembro de 2010 | 08h46

O técnico Celso Roth descartou a possibilidade de poupar jogadores mais desgastados, como o meia argentino D''Alessandro. E justificou a posição destacando que a prioridade, por enquanto, é brigar pelo título, com força máxima, para manter a alta performance alcançada depois da conquista da Copa Libertadores da América. Pelos cálculos colorados, a disputa do Mundial de Clubes da Fifa, em dezembro, não deve interferir na luta pela ponta do Brasileirão.

Mesmo querendo, Roth não conseguirá escalar todos os titulares. O goleiro Renan bateu a cabeça no chão e não participa do jogo, enquanto o lateral-direito Nei está suspenso. O técnico definiu que Abbondanzieri entra no gol, mas manteve a dúvida entre Glaydson e Daniel para a lateral direita.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.