Inter larga na frente na semi do Gaúcho

O Internacional venceu o Juventude, por 3 a 2, neste sábado à tarde, em Caxias do Sul, e largou na frente nas semifinais da primeira fase do Campeonato Gaúcho. Agora joga por um empate na partida de volta, em Porto Alegre, no próximo domingo, no Beira-Rio. Para passar à final o Juventude terá de vencer por dois gols de diferença, pois o regulamento, semelhante ao da Copa do Brasil, beneficia quem faz gols fora. A outra semifinal será entre Glória e Grêmio, neste domingo às 16 horas, em Vacaria. As emoções começaram cedo num jogo que foi trepidante do início ao fim. Além dos cinco gols, as duas equipes construíram mais 12 chances de marcar. Aos cinco minutos, Nilmar, sozinho à frente de Márcio, chutou na trave. O Juventude não se intimidou e, depois de Geufer perder uma chance, Mineiro, aos 16 minutos, concluiu forte, sem chances para Clemer. O Inter, que há mais de dois anos não vencia no Alfredo Jaconi, empatou oito minutos depois com Wellington, aproveitando um rebote da zaga adversária após chute de Cleiton Xavier. Aos 31, o Inter virou. Num contra-ataque rápido, Marabá aproveitou o posicionamento errado da zaga do Juventude e fez 2 a 1, por cobertura na saída de Márcio. A segunda etapa não foi menos emocionante. O Juventude corrigiu o seu posicionamento em campo e, logo aos seis minutos empatou (2 a 2), num pênalti de Alexandre Lopes em Geufer, que Donizete Amorim cobrou com categoria. Depois foram mais três grandes chances para cada uma das equipes até que aos 38 minutos Rafael Sóbis, que entrou em lugar de Oséas, viu Márcio adiantado e tocou forte, por cobertura, de fora da área, determinando o gol da vitória.

Agencia Estado,

20 de março de 2004 | 19h05

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.