Inter ?liquida? ingresso em Limeira

A Inter de Limeira está fazendo de tudo para se livrar do rebaixamento para a Série A-2. Nesta terça-feira os dirigentes anunciaram que o ingresso para o jogo contra a Matonense, concorrente direto na briga pela permanência na divisão principal do Campeonato Paulista, custarão apenas R$ 2. Esta medida tem como intenção trazer o maior número possível de torcedores ao estádio Major José Levy sobrinho para empurrar o time a uma vitória. A expectativa da diretoria é levar mais de 10 mil torcedores ao Limeirão."Mais do que nunca precisamos do apoio de nossa torcida. Espero que todos eles compareçam ao estádio e ajudem a Inter a vencer", afirma o presidente Richard Drago.O clima na cidade para este jogo é de final de campeonato. Campeã paulista em 1986, a Inter de Limeira passa por esse tipo de situação desde 1997, quando disputou a divisão de elite após três temporadas na segunda divisão. E neste ano, o desespero para fugir do rebaixamento, parece incomodar mais ainda, já que o time joga bem mas não consegue vencer."Fizemos uma grande partida contra o Rio Branco mas a bola não entrava. Foi assim nos jogos anteriores que não vencemos. Falta um pouco de sorte. Mas ela estará ao nosso lado no domingo", garante o otimista técnico Luiz Carlos Ferreira.O goleiro Nílson, que perdeu o pênalti decisivo contra o Rio Branco, também pensa assim. "Os jogadores trabalham duro, mas na hora do jogo a bola não entra. Domingo será uma decisão e temos que vencer de qualquer maneira. Só pensamos nisso", garante.Para o jogo de domingo o técnico Luiz Carlos Ferreira terá um importante desfalque: o volante e capitão do time, Pintado, suspenso pelo segundo cartão amarelo. Em compensação, o zagueiro Marcelo Heleno retorna após cumprir suspensão diante do Rio Branco. O veterano meia Caio e o atacante Alex Rossi estão machucados, mas devem estar liberados para o jogo contra a Matonense que, pelas circunstâncias, ganhou caráter de decisão.A Inter tem 15 pontos e está na 15ª colocação. Precisa vencer para fugir do rebaixamento, sem depender de tropeços de seus concorrentes diretos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.