Inter muda esquema para evitar espião

A comissão técnica da Inter de Limeira mudou os planos na semana decisiva do Campeonato Paulista. Na luta para fugir do rebaixamento, o time começa a se concentrar já nesta quarta, mas ficará em Limeira, ao invés de ir para Araraquara como fez nas últimas semanas. Embora não admitam, a intenção dos dirigentes é evitar a presença de espiões da Matonense, adversário da partida de sábado na última rodada da competição, uma vez que Araraquara e Matão são distantes apenas 40 quilômetros."Vamos ficar por aqui e fazer o mesmo trabalho. Só muda o local. A seriedade e a dedicação serão as mesmas para ajudar a Inter a escapar do rebaixamento", explica o técnico Luiz Carlos Ferreira.Com apenas 15 pontos ganhos, o time de Limeira precisa ganhar o jogo para escapar do rebaixamento. "Dependemos apenas de nós e não podemos decepcionar nosso torcedor e as pessoas que acreditam no nosso trabalho. Temos que vencer", afirma o goleiro Nílson , de 25 anos, um dos destaques do time no Paulistão.A torcida é aguardada com expectativa no estádio Major José Levy. Os dirigentes do clube já avisaram que estão à disposição 15 mil ingressos ao preço único de R$ 2. Mulheres e crianças menores de 15 anos não pagarão nada para assistir o jogo. "Nós esperamos que todos os limeirenses venham ao estádio apoiar a Inter. Neste momento é importante a participação deles. E vamos escapar do rebaixamento, se Deus quiser", diz o presidente Richard Drago.Os ingressos começam a ser vendidos no estádio nesta quarta e vão até sábado. O único desfalque certo no time para este jogo é o volante Pintado, suspenso pelo segundo cartão amarelo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.