Inter perde na Argentina e se complica na Libertadores

O Internacional foi derrotado pelo Vélez Sarsfield por 3 a 0, nesta quarta-feira, no Estádio José Amalfitani, em Buenos Aires, na Argentina. Com isso, o clube gaúcho, que é o atual campeão da competição sul-americana e mundial, ficou em situação complicada no Grupo 4 da Copa Libertadores da América.Com três pontos em três jogos, o Inter está em terceiro lugar na chave. Enquanto isso, o Vélez assumiu a liderança, ao chegar ao sete pontos. Mas o Nacional, do Uruguai, está com quatro pontos e com apenas duas partidas disputadas - o Emelec, do Equador, é o lanterna do grupo, ainda sem pontuar.Mas o Inter aposta na força de sua torcida para se classificar - os dois primeiros colocados passam para as oitavas-de-final. Afinal, dos três jogos que lhe restam, ainda fará dois em casa, no Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre: contra Vélez e Nacional. Somente contra o Emelec, no Equador, que o time gaúcho será visitante.Por jogar na Argentina, o técnico Abel Braga resolveu armar um esquema mais defensivo no Inter. Ele deixou o jovem atacante Alexandre Pato no banco de reservas, reforçando a marcação no meio-de-campo. Mas a tática não deu certo.O Vélez abriu o placar aos 18 minutos, com o gol do atacante Castromán, após um rebote do goleiro Clemer no chute de Zárate. E aos 20, o time argentino ampliou. Dessa vez, Escudero fez bela jogada e chutou na entrada da área: 2 a 0.Com a desvantagem no placar, Abel Braga mexeu no time no intervalo. Entraram os atacantes Alexandre Pato e Christian, para as saídas de Adriano e Iarley. Apesar das mudanças, que deixaram o time gaúcho mais ofensivo, foi o Vélez que marcou novamente. Aos 35 minutos, Escudero fez 3 a 0.O Inter ainda marcou um gol com Christian, mas o lance foi anulado pelo árbitro paraguaio Carlos Amarilla, que marcou impedimento do atacante brasileiro. Com isso, o campeão mundial volta da Argentina com uma derrota por 3 a 0 e a ameaça de eliminação logo na fase inicial da Libertadores.VÉLEZ SARSFIELD 3 x 0 INTERNACIONALVélez Sarsfield - Sessa; Uglessich, Pellegrino, Pellerano e Bustamante; Mario Méndez, Iván Moreno, Emiliano Papa (Gastón Montero) e Escudero; Castromán (Ocampo) e Zárate (Balvorín). Técnico: Ricardo La Volpe.Inter - Clemer; Ceará, Índio, Wilson e Hidalgo; Michel (Vargas), Edinho, Maycon e Adriano (Alexandre Pato); Fernandão e Iarley (Christian). Técnico: Abel Braga.Gols - Castromán, aos 18, e Escudero, aos 20 minutos do primeiro tempo; Escudero, aos 35 do segundo tempo. Árbitro - Carlos Amarilla (Paraguai). Cartões amarelos - Mario Méndez, Ceará, Maycon, Edinho e Wilson. Público - 18 mil pagantes. Renda - Não disponível. Local - Estádio José Amalfitani, em Buenos Aires (ARG).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.