Inter perde pênalti e empata com Coritiba em casa

O Internacional desperdiçou a chance de encostar nos líderes do Brasileirão neste domingo. Jogando em casa, no Beira-Rio, o time gaúcho saiu na frente do Coritiba, mas cedeu o empate por 1 a 1 e ainda perdeu um pênalti no segundo tempo.

ELDER OGLIARI, Agência Estado

18 de setembro de 2011 | 20h42

O resultado deixou o Inter em sétimo lugar, fora da zona de classificação para a Libertadores, com 36 pontos. Em caso de vitória, os donos da casa alcançariam a quinta posição, colado no G-4. O Coritiba, por sua vez, estacionou na nona colocação, com 33.

Embalado pela vitória sobre o Palmeiras, na rodada passada, o Inter começou em rimo acelerado neste domingo e saltou na frente logo no primeiro minuto de do jogo. Leandro Damião ganhou uma bola dividida com os zagueiros, foi à linha de fundo e cruzou para Oscar, na área, marcar o primeiro gol da partida.

Estabelecida a vantagem, o time gaúcho tratou de manter o visitante longe de sua área, deixando que os paranaenses tocassem a bola no próprio campo e apertando a marcação em qualquer tentativa de avanço.

A estratégia deu certo durante todo o primeiro tempo. O Coritiba só conseguiu chegar à área colorada com algum perigo duas vezes. Em uma delas, nem chegou a concluir porque Elton evitou que a bola chegasse aos pés de Bill. Na outra, Leandro Donizete chutou para fora. O Inter, ao contrário, teve três chances para ampliar. Leandro Damião desperdiçou duas delas, mandando uma bola na trave e outra para fora. Kleber, de falta, exigiu defesa espetacular de Vanderlei.

O Coritiba conseguiu o empate em jogada de bola parada no início do segundo tempo. Aos dois minutos, Marcos Aurélio cobrou falta mandando a bola para a área, onde Emerson antecipou-se aos zagueiros colorados e fez o gol, de cabeça. O Internacional tentou pressionar e voltou a desperdiçar pelo menos duas grandes oportunidades de estabelecer a vantagem.

Aos 18 minutos, Kleber perdeu a maior chance do Inter no segundo tempo. Ele cobrou pênalti sofrido por Leandro Damião e parou na defesa do goleiro Vanderlei. Depois da chance desperdiçada, o Inter repetiu a dose com Oscar, que mandou no travessão, aos 28.

Após tantas oportunidades perdidas, o Inter tentava atacar desordenadamente, enquanto o Coritiba tocava a bola para deixar o tempo passar. Aos 46 minutos, Oscar tentou de novo, mas o chute saiu desviado, longe do gol.

O time gaúcho tentará novamente se aproximar do G-4 na próxima quarta-feira, diante do Figueirense, em Florianópolis. No mesmo dia, o Coritiba receberá o Cruzeiro no Couto Pereira.

Ficha Técnica:

Internacional 1 X 1 Coritiba

Internacional - Muriel; Nei, Rodrigo Moledo, Juan e Kleber; Elton, Guiñazu, Andrezinho (Jô) e Oscar; Dellatorre (Ilsinho) e Leandro Damião. Técnico: Dorival Júnior.

Coritiba - Vanderlei; Jonas, Luccas Claro, Emerson e Lucas Mendes; Leandro Donizete, Willian, Tcheco (Gil) e Rafinha; Marcos Aurélio (Éverton) e Bill (Caio Vinícius). Técnico: Marcelo Oliveira.

Gols - Oscar, a um minuto do primeiro tempo. Emerson, aos 2 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos - Ilsinho, Vanderlei, Emerson, Lucas Mendes, Rafinha e Tcheco.

Árbitro - Sandro Meira Ricci (DF).

Renda - R$ 296.150,00.

Público - 18.069 pagantes (20.360 no total).

Local - Estádio do Beira-Rio, em Porto Alegre (RS).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.