Inter receberá Juventus pela Copa Itália sem torcida visitante

Dirigentes do futebol italiano não permitirão a presença da torcida visitante no estádio de San Siro para a partida das quartas-de-final da Copa Itália entre Inter de Milão e Juventus na próxima quinta-feira, por conta de risco de violência entre os torcedores.

REUTERS

21 de janeiro de 2010 | 16h22

A área reservada aos torcedores visitantes também ficará fechada na partida entre a Roma e o Catania pela mesma competição na semana que vem, assim como no jogo em que o Palermo visitará o Bari, em 30 de janeiro, informou o comitê anti-hooligan italiano em seu site na Internet (www.osservatoriosport.interno.it) na quinta-feira.

A grande rivalidade entre Juventus e Inter aumentou de intensidade recentemente, com torcedores da Juve submetendo o atacante Mario Balotelli, da Inter da seleção italiana sub-21, a abuso racista. Balotelli tem descendência ganense.

Parte do espaço reservado à torcida no Stadio Olimpico, em Turim, ficará fechada durante a partida da Juventus contra a Roma, pelo Campeonato Italiano, no sábado, depois que torcedores gritaram "não existem italianos negros" na semana passada, durante vitória por 3 x 0 sobre o Napoli pela Copa Itália.

O mesmo grito custou à Juve uma perda de mando de campo na temporada passada.

(Reportagem de Paul Virgo)

Tudo o que sabemos sobre:
FUTJUVEADVERSARIO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.