Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Inter rescinde contrato de Didi

O centroavante Didi teve seu contrato rescindido pelo Inter na tarde desta sexta-feira. Ele foi dispensado após o escandaloso episódio em que se envolveu na madrugada, quando contratou o stripper Felisberto Waldemar Aquino, 28 anos, para animar seu aniversário de casamento. O desentendimento aconteceu porque o jogador não queria pagar os 150 reais previamente combinados com o profissional. "Não podemos tolerar esse tipo de procedimento no Internacional", justificou o presidente do clube, Fernando Carvalho. Didi, que mora no elegante bairro Moinhos de Vento, com sua mulher e filha, saiu de Porto Alegre logo após prestar depoimento e foi para o interior do Rio Grande do Sul, evitando dar entrevistas.De acordo com o stripper, que foi contratado por Didi através de um anúncio num jornal gaúcho, o atacante não cumpriu o combinado e investiu contra ele: "Não sei se ele estava alcoolizado ou drogado, mas investiu contra mim com uma faca. Para me defender, tentei segurá-lo e me feri na mão. Pulei a janela do primeiro andar para o térreo, mais uma grade que cerca todo o prédio e fui direto para o hospital para fazer um curativo", disse Aquino, por telefone.A repercussão do fato perante o técnico Muricy Ramalho e o grupo de jogadores foi péssima. O técnico falou pouco sobre o assunto. "Não julgo o cidadão e suas atitudes extracampo, mas indisciplina não tem vez comigo", disse, referindo-se ao fato de o jogador ter faltado ao treino da manhã sem maiores explicações à comissão técnica. "É uma situação muito delicada. Prefiro não falar no assunto", declarou o zagueiro Vinícius.Didi, apelido de Sebastião do Nascimento, de 28 anos, tinha contrato com o Inter até o dia 31 de dezembro e, em cinco jogos pelo atual campeão gaúcho, não marcou nenhum gol. Antes de chegar ao Inter, Didi jogou por mais 14 clubes pelo Brasil, entre Sport Recife, Juventude, Corinthians e Bahia.

Agencia Estado,

08 de outubro de 2004 | 20h13

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.