Divulgação
Divulgação

Inter reserva perde e vê Juventude assumir liderança no Gaúcho

Colorado está apenas na 8.ª colocação do torneio, com 13 pontos

Estadão Conteúdo

08 Março 2015 | 19h09

O Internacional foi até Caxias do Sul para pegar o Juventude com o time reserva e promovendo a estreia do argentino Lisandro López, centroavante contratado como esperança de gols para 2015, principalmente para a Libertadores. Mas o destaque, negativo, foi para outro jogador da equipe, o goleiro Muriel. Numa jogada confusa, o goleiro rebateu a bola após recuo e logo em seguida cometeu pênalti. O atacante Zulu converteu a cobrança, o Juventude venceu por 1 a 0 neste domingo, no estádio Alfredo Jaconi, tirou a invencibilidade do Inter no Campeonato Gaúcho e reassumiu a liderança da competição.

Com vários desfalques, o Inter surpreendeu o time da casa e foi para cima, ameaçando a meta adversária com Alan Ruschel. Mas a pressão durou pouco. O time da Serra Gaúcha assumiu o controle da partida e criou dificuldades para o time de novatos do Inter. Após algumas chances de perigo, o Juventude recebeu o presente na falha grotesca de Muriel, aos 33 de jogo. Zulu bateu o pênalti e deixou sua equipe em vantagem.

Na volta do intervalo, o Inter mostrava reflexos de estar com o time reserva. Sem nenhuma coordenação, a equipe não conseguia armar jogadas que ameaçassem o Juventude e sofria ataques perigosos dos anfitriões. Em um deles, Zulu quase ampliou de cabeça, aos 16. Apesar da estreia, Lisandro López não conseguiu sair da marcação e não anotou o que poderia ser seu primeiro gol com a camisa do Inter.

A partida seguiu truncada até a expulsão de Jardel, do Juventude, o que permitiu um superioridade momentânea do Inter. Mas isso não foi suficiente para mudar o placar. O Juventude lidera o Gaúcho com 17 pontos e o Inter está em oitavo, com 13 pontos.

Mais conteúdo sobre:
futebol Campeonato Gaúcho Inter Juventude

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.