Inter-RS faz final e busca redenção

O Internacional pode se redimir de quatro anos de fracassos se derrotar o 15 de Novembro, de Campo Bom, um clube profissionalizado em 1994, nas finais do campeonato gaúcho. O primeiro jogo será nesta quarta-feira, no pequeno estádio Sady Schmidt, com capacidade para apenas 3,5 mil torcedores, em Campo Bom. O jogo da volta está marcado para domingo, no Beira-Rio, em Porto Alegre.Enquanto o 15 de Novembro já comemora como façanha sua classificação para a final, o Internacional está na obrigação de vencer para acalmar sua impaciente torcida, acostumada com as glórias do passado e frustrada com os recentes insucessos.Nos últimos dez anos tudo que o time conseguiu conquistar foram dois campeonatos gaúchos, em 1994 e 1997. Em 2000 e 2001 o clube não chegou sequer à decisão do campeonato regional.Para a decisão, o técnico Guto Ferreira, que substituiu Ivo Wortmann há uma semana, só fará uma alteração no time. Ronaldo entra no lugar do Chris, suspenso. Os jogadores estão concentrados num hotel de Porto Alegre e não no Beira-Rio, como era rotineiro, para não se submeterem a qualquer tipo de pressão. No 15 de Novembro o técnico Flávio Campos terá a volta do lateral-esquerdo Josicler e do atacante Carazinho, que estavam machucados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.