Arquivo/AE
Arquivo/AE

Inter se conforma com empate e agora mira Gre-Nal

Time perdeu a chance de encostar nos líderes depois do empate com o Fluminense e agora pensa no clássico

AE, Agencia Estado

19 de outubro de 2009 | 09h44

Depois de estar vencendo o Fluminense por duas vezes e ceder o empate por 2 a 2, no Maracanã, no último domingo, os jogadores do Internacional evitaram lamentar o fato de o time ter desperdiçado a chance de assumir a vice-liderança do Campeonato Brasileiro. Agora, a equipe já mira o clássico do próximo domingo, contra o Grêmio, no Beira-Rio, pela 31.ª rodada da competição.

Veja também:

forum Bate-Pronto: Alguém quer ganhar o Brasileiro?

MASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especialVisite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela | tabela Classificação

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

"O gol (do Fluminense) no final foi um banho de água fria, mas agora já é passado. Temos que trabalhar bastante durante a semana para buscar um bom resultado no Gre-Nal", projetou o volante Sandro.

O atacante Alecsandro, por sua vez, seguiu o mesmo discurso do companheiro de equipe. "Não era o resultado que a gente queria, mas é um ponto que levamos para Porto Alegre. Não adianta ficar lamentando, temos que seguir lutando para melhorar na tabela", avaliou.

O técnico Mário Sérgio também se mostrou conformado com o resultado no Maracanã. "O Fluminense exerceu uma pressão muito grande durante o jogo, pela necessidade que ele tinha de buscar o melhor resultado. O forte calor também foi um fator a mais de dificuldade. De qualquer forma, o Inter lutou muito e conseguiu marcar gols em momentos cruciais da partida. Infelizmente, não conseguimos segurar a vitória", afirmou o treinador.

O presidente do Internacional, Vitorio Piffero, também preferiu pensar no futuro da equipe no Brasileirão a lamentar o empate com o Fluminense. "Deixamos a vitória escapar. Foi um jogo muito movimentado, com chances para os dois lados. Agora teremos jogos contra adversários diretos pela frente. Vamos ter que buscar os melhores resultados", projetou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.