Inter será cauteloso contra o Vitória

A torcida do Internacional não deve esperar que o time parta para cima e tente ganhar do Vitória na base do "abafa" nesta quarta-feira, pela Copa do Brasil. A advertência é do técnico do time, Lori Sandri, que desautoriza qualquer colorado a sonhar com goleada no Beira-Rio e, com o regulamento na mão, acredita que basta não tomar gol para ficar em boa situação para o jogo da volta, em Salvador. "Se acabar 0 a 0 não será o fim do mundo", avisa, em coro, o volante Marabá. A cautela e os cuidados para evitar gols que podem ter peso dobrado na necessidade de desempate não significam a renúncia à busca da vitória. Lori Sandri mantém o mesmo time pela sétima vez consecutiva, mas mantém ocultas as armadilhas que prepara para o jogo. Tanto que fez um treino com os portões do Beira-Rio fechados nesta terça-feira. A única informação que vazou é que foram ensaiadas jogadas a partir de cobranças de faltas de zonas próximas às laterais do campo e da grande área.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.