Inter sofre, mas vence o Paulista

O Paulista resistiu aoInternacional até os 40 minutos no segundo tempo, mas acabouderrotado por um gol de falta, cobrada por Jorge Wagner, quandojá acreditava que poderia sair do Beira-Rio com o empate por 0 a0. A derrota obriga o time de Jundiaí a vencer o jogo da voltapor dois gols diferença para se classificar para asquartas-de-final da Copa do Brasil. Se ganhar por por 1 a 0 levaa decisão para os pênaltis. A partida está marcada para o dia 5de maio, no Jayme Cintra.A marcação implacável do volante Dema sobre o atacante Fernandãoreduziu a capacidade ofensiva do Internacional. Ao mesmo tempo,em algumas jogadas individuais, o meia Ricardinho incomodou adefesa gaúcha, tornando o jogo equilibrado, com poucas chancesde gol para cada lado.No primeiro tempo, o Internacional teve a bola sob sua posse pormais tempo, mas foi incapaz de transformar o domínio em boaschances de gol.Apenas em dois momentos, aos 31 e aos 32 minutos, conseguiuchutar com algum perigo, em conclusões de Jorge Wagner que ogoleiro Rafael defendeu. O Paulista respondeu com uma jogadaindividual de Ricardinho, que entrou na área a dribles e chutoupara fora.No segundo tempo Ricardinho voltaria a vencer a defesa coloradadiversas vezes. Numa delas errou o chute quando estava livre. Emoutra, deixou Márcio Mossoró em condições de marcar, mas oatacante desperdiçou a chance.Impotente para furar o bloqueio do Paulista a dribles outabelando, o Internacional passou boa parte do jogo lançandobolas para a área do adversário sem criar chances de gol. Chegouà vitória graças a uma jogada individual de Índio, que avançoucom a bola dominada e foi parado com uma falta na entrada daárea. Élder Granja queria cobrar, mas Jorge Wagner foi buscar abola fora do campo, ajeitou-a com carinho, sem atender aospedidos do companheiro, e chutou no ângulo. O vencedor deste confronto vai enfrentar o ganhador de Corinthians x Figueirense. No primeiro jogo, o Corinthians venceu por 2 a 0.

Agencia Estado,

21 de abril de 2005 | 17h58

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.