Ricardo Duarte/SC Internacional
Ricardo Duarte/SC Internacional

Inter tenta reencontrar vitória na Série B em duelo gaúcho contra o Brasil-RS

Equipe de Guto Ferreira vem de uma incômoda sequência de três empates na competição

Estadão Conteúdo

24 de junho de 2017 | 07h26

Sem vencer há três jogos, o Internacional ainda não se firmou na Série B do Campeonato Brasileiro e continua sofrendo com a pressão da torcida. Em busca de um momento de alívio, entra em campo às 16h30 deste sábado para um confronto direto contra o Brasil-RS, em jogo válido pela 10.ª rodada, no estádio Bento Freitas, em Pelotas (RS).

Os dois times estão empatados com 14 pontos, mas o do interior gaúcho fica na frente pelo número de vitórias: 4 a 3. Aquele que vencer tem vaga garantida no G4 - a zona de acesso - porque o Vila Nova, com 15 pontos, e Goiás, com 14, estão à frente da dupla do Sul e também fazem confronto direto no estádio Serra Dourada, em Goiânia.

O Internacional vem de uma sequência de três empates, o último deles no estádio Beira-Rio, diante do Paraná. Inclusive, a igualdade no placar é o resultado mais frequente na sua campanha. Até agora, foram cinco empates, três vitórias e uma derrota. "Estamos buscando a atitude. Para isso também é preciso tempo nessa maratona de jogos. Eu falei que essa maratona seria cruel", justificou o técnico Guto Ferreira, também pressionado.

Em busca de surpreender o adversário, o treinador resolveu fazer mistério em relação à escalação. É certo que ele não vai contar com o atacante uruguaio Nico López, com um desconforto na coxa direita, e terá o retorno do goleiro Danilo Fernandes, do volante Fabinho e do meia argentino D´Alessandro. Carlos é o favorito para substituir Nico, mas virou dúvida por conta de uma torção no tornozelo. Se ele não jogar, o ataque será formado por Eduardo Sasha e Marcelo Cirino.

O Brasil-RS está em plena reação. Três rodadas atrás, parte da torcida pedia a demissão do técnico Rogério Zimmermann, que está no clube há cinco anos, mas a situação mudou bastante. Após ser goleado por 4 a 0 pelo Luverdense, o time pelotense venceu o Londrina por 3 a 0 e depois encerrou a invencibilidade do líder Juventude com uma vitória por 2 a 1, em Caxias do Sul (RS).

Rogério Zimmermann terá que fazer ao menos uma alteração. O zagueiro Evaldo está suspenso e Teco deve ficar com a vaga. Outro desfalque pode ser o volante João Afonso. Ele sofreu uma batida na cabeça no confronto contra o Juventude e foi substituído no intervalo de jogo. Caso o titular seja vetado pelo departamento médico, Leandro Leite deve ir a campo. Marlon também é dúvida e pode ser substituído por Breno na lateral esquerda.

Notícias relacionadas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.