Ricardo Duarte/Inter
Ricardo Duarte/Inter

Inter triunfa, garante 2º lugar e reencontrará Novo Hamburgo nas quartas do Gaúcho

Colorado faz 2 a 0 no Beira-Rio e é beneficiado por tropeço do Caxias

Redação, Estadão Conteúdo

20 de março de 2019 | 23h38

O Internacional venceu o Novo Hamburgo por 2 a 0, na noite desta quarta-feira, no Beira-Rio, e garantiu a vice-liderança ao término da fase de classificação do Campeonato Gaúcho. Com o resultado, conquistado com gols de Guilherme Parede e Wellington Silva no segundo tempo, o time colorado fechou a sua campanha neste estágio da competição com 22 pontos, atrás apenas do Grêmio, líder disparado, com 29, que em outro confronto da noite superou o Pelotas pelo mesmo placar de 2 a 0.

Curiosamente, o Inter vai reencontrar nas quartas de final do Gaúcho o mesmo Novo Hamburgo, que avançou à próxima fase como sétimo colocado, com 15 pontos. Pela melhor campanha, a equipe de Porto Alegre terá a vantagem de decidir em casa no confronto de volta deste mata-mata, cujas datas das partidas ainda serão confirmadas pela Federação Gaúcha de Futebol.

Sem poder contar com o atacante uruguaio Nico López, que cumpriu o quarto e último jogo de suspensão por seu envolvimento em uma confusão na vitória por 2 a 1 sobre o Juventude, em 10 de fevereiro, o técnico Odair Hellmann mandou o Inter a campo com um trio ofensivo formado por Guilherme Parede, William Pottker e Rafael Sóbis.

Com muito mais volume de jogo do que o Novo Hamburgo, o time colorado tratou de ir ao ataque desde o início e por pouco não abriu o placar aos 11 minutos do primeiro tempo.

D'Alessandro cruzou para a área em cobrança de falta, a bola foi desviada para trás por Luis Gustavo e encontrou Pottker, que finalizou e viu Gustavo praticar grande defesa para evitar o gol.

Pouco depois, aos 15, a equipe visitante também quase marcou em outro lance de bola parada. Neuton arriscou o chute de longe em nova cobrança de falta, a bola desviou em Sóbis e quase traiu o goleiro Marcelo Lomba, que precisou se esticar todo para defender.

Escalado como único meia de criação no Inter, D'Alessandro também apareceu com perigo em duas oportunidades seguidas de gol, aos 25 e depois aos 30, sendo a segunda delas após linda jogada de Pottker pela direita, mas o ídolo não soube convertê-las em gol.

Pouco depois, aos 35, o argentino deu assistência para Parede marcar, mas o atacante finalizou por cima do gol. Já Pottker, que não conseguiu chegar para finalizar uma chance mais clara nesta etapa inicial, reclamou de um pênalti que teria sofrido aos 28 minutos após ser tocado por Luis Gustavo, mas a arbitragem não assinalou a infração.

Assim, o primeiro tempo terminou mesmo em 0 a 0. Porém, já aos 6 minutos da etapa final, o Inter conseguiu abrir o placar. Após escanteio cobrado por Sóbis pela esquerda, Parede se antecipou à marcação no primeiro pau e desviou de cabeça para balançar as redes.

E o gol foi um importante desafogo para a equipe colorada, que passou a ter o privilégio de poder jogar no contra-ataque para matar o jogo. Com este panorama favorável, Odair Hellmann deu novo fôlego ao ataque com a entrada de Wellington Silva no lugar de Pottker.

O Inter, entretanto, diminuiu o ritmo no ataque e ficou menos ofensivo com a entrada do meio-campista Sarrafiore no lugar de Parede. E um pouco mais tarde, os donos da casa ainda contaram com a entrada de Camilo no lugar de D'Alessandro, que pediu para sair por causa de dores na perna esquerda.

Mesmo assim, o time colorado continuou buscando o ataque e quase ampliou em finalização cruzada de Rafael Sóbis que foi parada por boa defesa de Gustavo. Três minutos depois, porém, o goleiro não teve como evitar o segundo gol dos anfitriões aos 40. Depois de uma bola cabeçada de Sóbis que exigiu nova ótima intervenção do goleiro, Wellington Silva aproveitou o rebote e chutou forte para decretar o 2 a 0.

OUTROS DUELOS DAS QUARTAS

Líder do Gaúcho, o Grêmio terá pela frente nas quartas de final o Juventude, que se garantiu na oitava posição, com 14 pontos, ao bater o Avenida por 1 a 0, em Caxias do Sul, em outro duelo da noite desta quarta-feira.

Já o Caxias assegurou a terceira colocação, com 20 pontos, ao empatar por 2 a 2 com o São José, fora de casa. O seu rival na próxima fase será o Aimoré, sexto, com 15 pontos, após bater o São Luiz por 2 a 1. Mesmo derrotado, o São Luiz garantiu o quarto lugar, com 17 pontos, e nas quartas de final terá pela frente o São José, o quinto colocado, com 16 pontos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.