Inter vê solução para saída de Ronaldo

Apesar de os dirigentes da Internazionale de Milão baterem o pé, garantindo que não vão negociar Ronaldo, o clube já definiu o substituto ideal para o Fenômeno: Ronaldinho Gaúcho. Se não conseguirem manter no elenco o artilheiro da última Copa do Mundo, a intenção dos italianos é oferecer US$ 30 milhões ao Paris Saint-Germain pelo atacante, de 22 anos. O raciocínio dos cartolas milaneses é o seguinte: se Ronaldo deixar a Inter, o clube, que espera receber pelo menos US$ 100 milhões, terá como investir na contratação de Ronaldinho e também na do zagueiro Nesta, da Lazio (proporia US$ 35 milhões ao time da capital italiana), e ainda ficaria com um bom dinheiro em caixa. Há alguns meses, a Inter já havia demonstrado interesse por Ronaldinho Gaúcho, mas o PSG não topou sequer conversar. Agora, porém, a situação é outra. O Canal Plus, controlador do clube francês, passa por dificuldades financeiras e precisa ?fazer caixa?. Um mês atrás, colocou o atacante brasileiro à venda por US$ 45 milhões, mas não encontrou comprador. Por isso, calculam os cartolas da Inter, os franceses aceitariam agora uma proposta de US$ 30 milhões. No entanto, para contar com Ronaldinho, a Inter teria de abrir mão do zagueiro paraguaio Gamarra, recentemente contratado. O problema é que a nova regulamentação da Liga Italiana permite a contratação de apenas um jogador não-comunitário antes de 31 de agosto. Assim, a solução seria emprestar Gamarra a uma outra equipe por uma temporada, para poder inscrever Ronaldinho Gaúcho imediatamente no Italiano.

Agencia Estado,

04 Agosto 2002 | 19h54

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.