Inter vence Goiás e segue com 100% no Brasileiro

O Internacional voltou a mostrar sua força e venceu o Goiás por 1 a 0, neste sábado, no Serra Dourada. É a segunda vitória fora de casa da equipe, que se isolou na liderança do Campeonato Brasileiro, com 9 pontos, e agora é a única equipe com 100% de aproveitamento, depois da derrota do Vitória para o Cruzeiro, em Belo Horizonte. O Goiás, com dois pontos, segue sem vencer na competição.

RUBENS SANTOS, Agencia Estado

23 de maio de 2009 | 21h07

Atuando em casa, o Goiás começou exercendo marcação forte sobre o Inter, que vinha escalado com time misto, mas não conseguiu fazer prevalecer a velocidade de seu ataque, formado por Iarley e Felipe. Na melhor jogada da equipe, aos 42 minutos, Ramalho bateu pra fora, à direita de Lauro. "Sofremos muita pressão, mas a nossa equipe mostrou estar bem equilibrada", disse o lateral colorado Bolívar no intervalo.

O equilíbrio dos gaúchos deveu-se à forte marcação. No segundo tempo, o cenário se manteve, mas a entrada de Taison no lugar de Magrão aumentou a capacidade do visitante de armar contra-ataques. E foi uma jogada dessa que definiu a partida: aos 32 minutos, o atacante recebeu passe de Marcelo Cordeiro e acertou o canto de Harlei para fazer o gol da vitória (1x0). "A vitória foi do grupo", disse o atacante ao fim do jogo.

Na próxima rodada, o Goiás buscará a reabilitação fora de casa, diante do Coritiba, no sábado. No dia seguinte, o Inter recebe o Avaí, no Beira-Rio - antes, contudo, também enfrenta o Coritiba, em casa, no primeiro jogo das semifinais da Copa do Brasil.

Ficha Técnica:

Goiás 0 x 1 Internacional

Goiás - Harlei; Rafael Toloi, Ernando e João Paulo (Jael); Fábio Bahia, Amaral, Ramalho, Felipe Menezes (Eduardo Ramos) e Júlio César; Iarley e Felipe (Bruno Meneghel). Técnico: Hélio dos Anjos.

Internacional - Lauro; Bolívar, Sorondo, Danny Morais e Marcelo Cordeiro; Guiñazu, Magrão (Sandro), Glaydson e Andrezinho; Alecsandro (Leandrão) e Giuliano (Taison). Técnico: Tite.

Gol - Taison, aos 32 minutos do segundo tempo.

Árbitro - Cláudio Luciano Mercante Júnior (PE).

Cartões amarelos - Ramalho (Goiás); Magrão, Guiñazu e Alecsandro (Internacional).

Renda - R$ 115.530,00.

Público - 6.918 pagantes.

Local - Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.