Inter vence na prorrogação e é tetra

O Internacional é tetracampeão gaúcho. Num jogo emocionante, o time só garantiu o título na prorrogação, ao vencer o 15 de Novembro por 2 a 1, neste domingo, em Campo Bom. No tempo regulamentar, a equipe da casa ganhou por 2 a 0, mesmo placar da vitória do Inter no primeiro jogo da final, domingo passado, em Porto Alegre.Esta foi a terceira vez, em quatro anos, que as duas equipes decidiram o título no Rio Grande no Sul. Nas outras duas, em 2002 e 2003, o Inter foi campeão. O tri veio no ano passado, em decisão contra o time da Ulbra. Já o técnico Muricy Ramalho conquistou o pentacampeonato estadual. Em 2001 e 2002, ele ganhou o título pernambucano com o Náutico. Depois, em 2003, venceu o Gaúcho com o Inter. E, em 2004, levou a São Caetano a ser campeão paulista. O jogo deste domingo foi tecnicamente muito bom. O Inter começou melhor e teve três boas chances de marcar, aos 15, 17 e 19 minutos, com Rafael Sóbis e Fernandão. O 15 de Novembro respondeu com Jaques e Perdigão, mas também não conseguiu abrir o placar.No segundo tempo, Luizinho Vieira substituiu Cadu e o 15 de Novembro tomou conta do jogo. E assim, fez 2 a 0, com os gols de Júlio Rodriguez, aos 30, e Jaques, aos 35 minutos.Como o primeiro jogo também tinha terminado 2 a 0, a decisão do título foi para a prorrogação. Aí, sobrou emoção. Nos 15 minutos iniciais, o 15 de Novembro administrou a vantagem do empate - teve melhor campanha no campeonato.Até que Souza colocou o Inter na frente, aos 4 minutos do segundo tempo da prorrogação. O 15 de Novembro empatou logo em seguida, com Luizinho Vieira aos 5. Mas Souza, novamente de cabeça, aos 6, deu o 37º título gaúcho ao Internacional.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.