Ricardo Duarte/Divulgação
Ricardo Duarte/Divulgação

Internacional ganha no Maracanã, complica o Flamengo e cola no G-4

Com 1 a 0, gaúchos levam a melhor em 'decisão' pela Libertadores

THIAGO RABELO, Estadão Conteúdo

18 de outubro de 2015 | 18h22

A derrota para o Internacional por 1 a 0 neste domingo, no Estádio do Maracanã, no Rio, praticamente tirou o Flamengo da briga por uma vaga na Copa Libertadores do próximo ano. Sem criatividade, o time carioca perdeu cinco dos últimos seis jogos, estacionou nos 44 pontos, na nona posição, e ainda viu o adversário ganhar novo ânimo na briga pela classificação ao torneio continental.

Mesmo sem mostrar um bom futebol, o Inter venceu o duelo válido pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro e chegou aos 47 pontos, colando no G4 e entrando de vez na luta por uma vaga na próxima Libertadores.

Mais do que pela apresentação do Inter, o Flamengo se atrapalhou nas próprias pernas. Pressionado pela necessidade de vitória, o time se lançou ao ataque, mas de forma ineficiente. A grande aposta era em jogadas com Pará pelo lado direito. Em um dos avanços, o lateral fez boa jogada, mas cruzou errado e desperdiçou a oportunidade.

Assim como era uma opção de ataque, o lado de Pará passou a ser um perigo pelos espaços deixados. A faixa esquerda ocupada por Jorge também. Aos 17 minutos, o Internacional percebeu a lacuna deixada pelos dois laterais e abriu marcador com Ernando, em belo chute de primeira, após passe de William: 1 a 0.

O gol desnorteou ainda mais o Flamengo. Com os laterais bem bloqueados, o time centralizou o jogo. Em um dos raros momentos de lucidez, quase veio o empate. O peruano Guerrero recebeu passe de Everton e chutou forte na trave. Mas só o peruano levava perigo ao Inter. Ainda no primeiro tempo, cabeceou para o gol e viu Alisson defender.

Na etapa final, Guerrero aproveitou rebote e chutou forte, mas para fora. Aos 11, o centroavante fez o pivô para Alan Patrick finalizar errado. Oswaldo de Oliveira modificou as peças, mas sem eficiência. A pressão no final da partida não funcionou e o time, agora em situação delicada na luta por vaga na Libertadores, deixou o Maracanã sob críticas da torcida.

FICHA TÉCNICA:

FLAMENGO 0 x 1 INTERNACIONAL

FLAMENGO - Paulo Victor, Pará, Samir, César Martins e Jorge; Márcio Araújo, Canteros (Kayke), Everton (Paulinho) e Alan Patrick; Emerson Sheik (Gabriel) e Guerrero. Técnico: Oswaldo Oliveira.

INTERNACIONAL - Alisson; William, Paulão, Réver e Ernando; Rodrigo Dourado, Nilton (Wellington), Alex (D'Alessandro) e Anderson (Vitinho); Valdívia e Lisandro López. Técnico: Argel Fucks.

GOL - Ernando, aos 17 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO - Heber Roberto Lopes (Fifa-SC).

CARTÕES AMARELOS - Paulão e Réver (Internacional).

RENDA - R$ 999.707,50.

PÚBLICO - 24.599 pagantes (28.786 no total).

LOCAL - Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.