Inter vence o Boca Juniors e leva boa vantagem à Argentina

Alex brilha ao marcar os dois gols da vitória por 2 a 0 no Beira Rio pelas quartas-de-final da Sul-Americana

Elder Ogliari, O Estado de S. Paulo

23 de outubro de 2008 | 00h27

O Internacional venceu os reservas do Boca Juniors por 2 a 0, nesta quarta-feira, no Beira-Rio, em Porto Alegre, pela rodada de ida das quartas-de-final da Copa Sul-Americana. Com a vantagem, o time brasileiro pode até perder pela diferença de um gol em Buenos Aires, no dia 6 de novembro, para se classificar para as semifinais da competição. Os dois gols colorados foram marcados por Alex. Veja também: Resultados e calendário da Copa Sul-Americana Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão Apesar de aplicado, o Internacional não encontrou soluções ofensivas nos primeiros 45 minutos. O time brasileiro manteve a bola nos pés por mais tempo, mas insistiu na troca de passes pelo meio, onde não conseguiu vencer o forte bloqueio que o Boca Juniors fazia diante de sua área. Somente duas conclusões dos colorados foram perigosas. Numa delas, D'Alessandro cobrou uma falta mandando a bola na trave. Na outra, Magrão cruzou para Bolívar, de cabeça, exigir boa defesa do goleiro Javier Garcia. No segundo tempo, o Internacional tratou de acelerar o ritmo e levar o jogo para as pontas do campo. Os gols, no entanto, foram obras individuais de Alex. No primeiro, ele recebeu um passe, avançou, livrou-se da marcação de Lucho Figueroa e mandou a bola no canto. No segundo, acertou mais um de seus violentos chutes em curva, de fora da área, e venceu o goleiro adversário, fechando o placar. INTERNACIONAL 2 X 0 BOCA JUNIORSINTERNACIONAL - Lauro; Ângelo, Índio, Bolívar e Gustavo Nery (Marcão); Edinho, Magrão (Daniel Carvalho), Andrezinho (Sandro) e D'Alessandro; Alex e Nilmar. Técnico: Tite.BOCA JUNIORS - Javier Garcia; Barroso, Roncaglia, Forlin e Fondacaro; Chávez (Calvo), González, Gracián e Neri Cardoso (Gaitán); Cristian Muñoz e Lucho Figueroa (Ricardo Noir). Técnico: Carlos Ischia. GOLS - Alex, aos 5 e aos 43 minutos do segundo tempo.CARTÕES AMARELOS - Gustavo Nery, D'Alessandro e Alex (Internacional); Roncaglia, Forlin e Gracián (Boca Juniors).CARTÃO VERMELHO - Ricardo Noir (Boca Juniors).ÁRBITRO - Jorge Larrionda (Fifa-URU).RENDA - R$ 820.595,00.PÚBLICO - 33.570 pagantes (36.640 no total).LOCAL - Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.