Divulgação
Divulgação

Inter vende Damião a investidores e jogador fica perto do Santos

Negociação de R$ 41 milhões deve terminar com a ida do atacante para a Vila Belmiro

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

11 de dezembro de 2013 | 15h10

SÃO PAULO - O Inter acertou nesta quarta-feira a venda do atacante Leandro Damião por R$ 41 milhões ao fundo de investimentos Doyen Sports. Agora o jogador está mais perto de defender o Santos na próxima temporada. A empresa é parceira do clube da Vila Belmiro na negociação e deve encaminhar o jogador de 24 anos para ser anunciado oficialmente como reforço.

Os direitos econômicos do atacante pertencem 70% ao Inter e 30% ao Atlético de Ibirama-SC. Após ganhar destaque no time gaúcho no título da Libertadores de 2010 e ir para a seleção brasileira no ano seguinte, o jogador teve uma temporada apagada em 2013 e sofreu com a concorrência pelo posto de titular com o argentino Scocco e o uruguaio Forlán.

O Santos recorreu à parceria com o grupo por achar os valores envolvidos muito elevados para arcar sozinho com a negociação. A mesma empresa já negociou com o clube a chegada do lateral Cicinho, da Ponte Preta, além da ida do meia Felipe Anderson para a Lazio. O representante da Doyen no Brasil é o empresário Renato Duprat, que já patrocinou o time da Vila Belmiro nos anos 1990.

A posição de atacante era a prioridade para o clube no começo da janela de transferências. No entender da diretoria, foi justamente a falta de um homem da área que impediu o Santos de terminar o Brasileirão melhor do que o sétimo lugar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.