Inter x Milan: Uefa promete agir rápido

O comitê disciplinar da Uefa - entidade que dirige o futebol na Europa - vai se reunir na sexta-feira para decidir sobre as sanções a serem aplicadas na Internazionale pelos incidente registrados na terça-feira, no jogo contra o Milan, pela Liga dos Campeões da Europa. Revoltados pela anulação de gol de Cambiasso, aos 25 do segundo tempo, grupos de torcedores lançaram vários sinalizadores no gramado e um deles atingiu o ombro direito do goleiro Dida. ( Veja galeria de imagens)O árbitro alemão Markus Merk suspendeu o clássico por quase meia hora, para que fossem retirados os petardos e permitir que o brasileiro se recuperasse. Assim que resolveu recolocar a bola em jogo, mais rojões caíram no campo. Por considerar que não havia condições para prosseguir, o juiz decidiu encerrar o confronto 30 segundos depois.A missão da Inter era muito difícil, porque precisava vencer no mínimo por 2 a 0 para levar a decisão da vaga para a prorrogação (o Milan venceu o primeiro jogo por 2 a 0). O desespero aumentou aos 30 minutos da etapa inicial, com o gol de Shevchenko. Àquela altura, precisaria fazer 4 a 1.A Uefa deverá confirmar a vitória do Milan (possivelmente por 2 a 0); aplicar multa pesada e punições para a Internazionale. Se não for afastada de competições continentais, o mais provável é que mande jogos com portões fechados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.