Interino, Marcão admite 'alívio' após vitória do Flu com gol no fim

Destaque do Fluminense em campo, Marcão fez na noite desta quarta-feira sua estreia como treinador. Mas, mesmo em posição de interino, o técnico assumiu toda a responsabilidade pelos resultados da equipe. Não por acaso admitiu o "alívio" e a sensação de "dever cumprido" pela vitória sobre o Friburguense, por 2 a 1, em jogo atrasado do Campeonato Carioca.

Estadão Conteúdo

03 de março de 2016 | 09h58

"Os jogadores estavam muito motivados e a sensação é de total alívio, de dever cumprido. Começamos muito bem o primeiro tempo. Poderíamos ter feito mais gols. Como não definimos o placar, o adversário complicou. A vitória foi muito importante. Era nosso objetivo aqui. Vamos tentar zerar tudo e começar uma nova fase. Agora é fazer melhores treinos e melhores jogos", analisou o técnico.

Apesar da pouca experiência como técnico, Marcão interferiu diretamente no resultado da partida ao colocar em campo Magno Alves. O atacante entrou no segundo tempo e marcou o gol da vitória aos 41 minutos.

"Tinha certeza de que Magno Alves daria conta do recado. Sempre falo que quem participa na segunda parte do jogo pode defini-lo. Foi o que ele fez. Somos amigos, nossa família está sempre junta. Nossos filhos são amigos. Mas todos que entraram ajudaram o time", declarou.

Em uma avaliação geral de sua primeira partida como técnico, Marcão admitiu também ter falhado no posicionamento. "Erramos em alguns momentos o posicionamento. Mas Henrique foi forte, Marlon, seguro. Pierre ajudou. Wellington Silva salvou um gol. Temos de acertar algumas coisas. Mas, com mais segurança, tudo fica mais fácil", comentou.

Tudo o que sabemos sobre:
FutebolFluminenseMarcão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.