César Greco/Divulgação
César Greco/Divulgação

Interino Alberto Valentim diz que derrota do Palmeiras se deu por cansaço

De acordo com o treinador, faltou força e preparo físico para se igualar ao adversário

AE, Agência Estado

25 de maio de 2014 | 21h33

CHAPECÓ - O técnico interino do Palmeiras, Alberto Valentim, justificou neste domingo que a derrota do time por 2 a 0 para a Chapecoense, em Santa Catarina, se deu pelo cansaço da equipe. De acordo com o treinador, faltou força e preparo físico para se igualar ao adversário em uma partida truncada e disputada em campo pesado pela chuva.

"Fomos abaixo porque não conseguimos repetir as boas atuações dos últimos jogos. O time sentiu bastante fisicamente", explicou. Um dos exemplos dados por Alberto Valentim foi o meia Mendieta, que sentiu uma lesão ainda no primeiro tempo e mesmo sem estar nas condições ideais, continuou em campo até ser substituído por Felipe Menezes no começo da segunda etapa.

A derrota foi a primeira do interino depois de quatro vitórias consecutivas. A partida foi assistida das tribunas pelo futuro treinador, o argentino Ricardo Gareca, que viu em campo um Palmeiras com dificuldade de vencer a marcação adversária. "Viemos de jogos marcados pela intensidade e isso explica a nossa queda de rendimento e a dificuldade contra a Chapecoense", afirmou Alberto.

O interino admitiu que o time precisa melhorar, mas evitou projetar alterações para o próximo compromisso da equipe, contra o Botafogo, nesta quarta-feira, em Presidente Prudente (SP). Apesar da preocupação com o desgaste, Alberto Valentim disse que precisa aguardar as avaliações feitas pelo departamento médico.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.