Interino comanda Juventude em Caxias

Sem vencer há seis rodadas e ocupando a 16.ª posição com 35 pontos, a novidade do Juventude estará no banco de reservas para o jogo contra o Santos, neste sábado, às 18h10, em Caxias do Sul. Sem o técnico Sebastião Lazaroni, demitido após a derrota para a Ponte Preta, na última rodada, o time será comandado pelo auxiliar Valteir Gomes Franco. O treinador interino já chegou fazendo mudanças. Daniel, que jogou de volante no último jogo, será um dos zagueiros. Na lateral direita, Juliano ocupará a vaga de Lucas. E, na esquerda, Roger será o lateral titular. Para enfrentar o Santos, o Juventude não vai poder contar com o atacante Josiel, com uma lesão muscular na coxa esquerda. Marcelinho foi o escolhido para fazer dupla com Enílton no ataque. No meio, o time terá o retorno do volante Lauro, que cumpriu suspensão. Uma vitória colocará o Juventude de volta na briga por uma das vagas para a Copa Sul-Americana. No entanto, uma nova derrota pode complicar o time, que vai passar a ser ameaçado pelo rebaixamento. A boa notícia para os torcedores é o retrospecto que o time tem no seu estádio. Dos 12 jogos disputados, foram sete vitórias e apenas duas derrotas. Com a saída de Lazaroni, a diretoria do clube de Caxias corre agora atrás de um novo treinador. Vágner Benazzi é o mais cotado, mas o técnico pode acertar com o Paysandu. Zetti, Lori Sandri e Márcio Bittencourt também estão cogitados ao cargo.

Agencia Estado,

07 de outubro de 2005 | 18h19

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.