Interino comanda treino no Fluminense e volta ao 4-4-2

O técnico interino do Fluminense, Vinícius Eutrópio, realizou nesta segunda-feira a primeira movimentação com os jogadores e, além de mexer no time titular, também mexeu no esquema tático da equipe para o jogo contra o Adesg, em Rio Branco, no Acre, pela primeira fase da Copa do Brasil.Ex-coordenador de apoio técnico, Eutrópio trocou o lateral-esquerdo Júnior Cesar por Ivan e o meia Thiago Neves por Soares, além de escalar o volante Fabinho no lugar do zagueiro Luiz Alberto, contundido na coxa direita. O 3-5-2 foi adotado, sem sucesso, pelo técnico Paulo César Gusmão para o jogo do último sábado, contra o América - e a derrota por 2 a 0 acabou por derrubar o treinador.?Ajudamos a escolher o grupo, acompanhamos a preparação e sabemos do potencial de cada atleta. Confio nos jogadores, mas temos de mudar a atitude dentro de campo?, disse Eutrópio, que não pretende ser efetivado no cargo. "O meu objetivo é entregar ao novo técnico uma equipe equilibrada e com vitórias. Fui contratado para desempenhar outra função e vou voltar para ela depois."O coordenador técnico, Branco, conversou antes do treino com os jogadores e pediu mais empenho em campo. ?Quem não estiver satisfeito pode ir embora?, disse o ex-lateral. "Ele falou a realidade e mostrou que o nosso time não poderia ficar de fora das finais da Taça Guanabara. Foi uma conversa normal, mas de cobrança", afirmou o lateral Ivan.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.